Cidadeverde.com

Moradores de Parnaíba temem abertura das comportas da Boa Esperança

Órgãos municipais e a população ribeirinha temem que sejam abertas as comportas da Usina Elétrica de Boa Esperança. Eles acreditam que, caso ocorra a abertura, poderá haver mais areas alagadas no município de Parnaíba  Em entrevista ao Notícia da Manhã, a chefe do núcleo de Serviço, Dalva Cereja, ressaltou que o nível da água dos piscinões localizados nos bairros Piauí e Frei Higino aumentam cada vez mais. 

O bairro Piauí é o mais atingido pelas águas da chuva no município, que sofre com os alagamentos desde março desse ano. Praticamente, 70% dos moradores desse bairro precisaram abandonar as suas residências. Casas e estabelecimentos comerciais estão fechados. 

Somente nesse bairro são 10 carros-pipas atuando para retirar a água das casas e ruas. Ao todo, cerca de 30 carros desse tipo ajudam a fazer a limpeza no município. 

“Além desse bairro, que é o mais crítico, nós temos também o bairro Frei Higino, onde fica o Piscinão 2. Então, nós estamos com uma preocupação grande e a que surge no momento é o aumento do nível das águas do Rio Igaraçu porque as comportas da (Usina Hidrelétrica) Boa Esperança ainda não abrirem, e se abrirem vai complicar ainda mais”, conta. 

O Piscinão 1 fica localizado no bairro Piauí. Dalva atualizou o número da quantidade de famílias desabrigadas em decorrência das chuvas e áreas alagadas em Parnaíba.

“Os abrigos da Prefeitura nós temos uma média de 37 famílias. Temos também mais de 57 famílias que estão em casas de parentes, e com mais de 470 famílias que continuam em suas casas”, citou Dalva.

A gestora ressaltou que o bairro Piauí está sendo atendido pelo Serviço Social e Defesa Civil Municipal. A Secretaria de Infraestrutura também está atuando para regularizar a situação dos moradores. Ela destacou ainda o trabalho do Corpo de Bombeiros, que está desde as primeiras chuvas fazendo o resgate de famílias e ajudando com a entrega de doações, dentre outros pontos.

Nota da Boa Esperança 

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco esclarece que não procede a informação de que a empresa liberou mais água na barragem de Boa Esperança e nem abriu as comportas do reservatório.

Informa ainda que a vazão mais elevada do Rio Poti, em Teresina e região, acontece devido ao aumento natural da incidência de chuvas que ocorrem na jusante, ou seja, abaixo da barragem.

 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com