Cidadeverde.com

Aulas da rede municipal de São João do Piauí estão adiadas para 3 de março

O prefeito Ednei Amorim assinou decreto em que autoriza a antecipação das férias escolares de julho para fevereiro e o início das aulas para 3 de março. O decreto nº 6/22 foi publicado essa semana, tem caráter excepcional, em decorrência ao aumento nos casos de Covid-19 em São João do Piauí.

 O documento antecipa os 20 dias de férias do mês de julho, contando a partir de 1º de fevereiro. As aulas, que serão totalmente presenciais, iniciarão em 3 de março, em todas as escolas da rede municipal.

Em outros documentos, as Portarias Normativa nºs 1 e 2, da Secretaria Municipal de Educação, a secretária Eudes Coelho orienta os profissionais de Educação e a comunidade escolar sobre o calendário escolar, das medidas sanitárias de enfrentamento à Covid-19 e demais síndromes gripais, e as pedagógicas que são adotadas para a retomada das aulas presenciais.

 A secretária esclarece que o Município também adotará “o Sistema Híbrido/Remoto e/ou ensino à distância, nos casos excepcionais que, por razões médicas comprovadas por atestado, não possam retornar integral ou parcialmente ao regime presencial”, afirma.

 Para os casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 e/ou outras síndromes gripais, a comunidade escolar, inclusive os profissionais, serão orientados:

- a evitar adentrar a instituição;

- que os contactantes de casos confirmados só devem retornar às atividades presenciais após 7 dias da confirmação do caso positivo, desde que estejam assintomáticos. Docente, discente ou trabalhador permaneça isolado, caso confirmado;

- que o docente, caso seja testado positivo para a Covid-19, deve apresentar à unidade de ensino o resultado do teste realizado e disponibilizar planejamento para continuidade das atividades escolares a serem desenvolvidas;

- afastamento de alunos com Covid-19 das aulas presenciais, a instituição deve observar as situações de alertas e as ações conforme a situação: 

 Situação 1: Ocorrência de dois ou mais casos confirmados no qual os envolvidos convivam na mesma sala de aula e/ou transporte escolar. 

 Resposta: Os alunos confirmados deverão ser afastados imediatamente e todos os contatos próximos deverão ser monitorados no período de 3 (três) dias.

Da Redação