Cidadeverde.com

São João do PI: comoção marca velório de menina morta em SP

  • unnamed.jpg Divulgação
  • unnamed_(16).jpg Divulgação
  • unnamed_(15).jpg Divulgação
  • unnamed_(14).jpg Divulgação
  • unnamed_(13).jpg Divulgação
  • unnamed_(12).jpg Divulgação
  • unnamed_(11).jpg Divulgação
  • unnamed_(10).jpg Divulgação
  • unnamed_(9).jpg Divulgação
  • unnamed_(8).jpg Divulgação
  • unnamed_(7).jpg Divulgação
  • unnamed_(6).jpg Divulgação
  • unnamed_(5).jpg Divulgação
  • unnamed_(4).jpg Divulgação
  • unnamed_(3).jpg Divulgação
  • unnamed_(2).jpg Divulgação
  • unnamed_(1).jpg Divulgação

O clima de comoção marcou o velório e o enterro da menina Emanuele de Carvalho Pereira de 7 anos, morta na tarde da última sexta-feira (5) após ser atropelada em uma calçada no bairro do Brás, na Zona Leste de São Paulo. O corpo da criança chegou a São João do Piauí na madrugada desta segunda (8) e foi velado na Igreja Assembleia de Deus do município.

O prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos, esteve no velório. Crianças com faixas e cartazes também prestavam homenagens a garota. Além de Emanuele e a mãe, outras duas pessoas – dentre elas outra criança - estavam na calçada e também foram atropeladas. Emanuele teve uma parada cardíaca e morreu no Hospital Municipal do Tatuapé.

A mãe da menina, identificada como irmã Luiza, teve de ser socorrida em virtude de um mal súbito após o acidente. O motorista foi levado à delegacia e apresentava sinais de embriaguez. Rodrigo de Moraes Gonçalves, 43 anos, está preso.  Emanuele e a mãe estavam em São Paulo para tratamento de saúde. O pai dela, conhecido irmão Mão Santa, está em São João do Piauí e teve que ser internado quando soube do acidente.

Em seguida, o corpo de Emanuelle foi enterrado no cemitério municipal com a presença de muitos moradores do município.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com