Cidadeverde.com

Polícia prende idoso acusado de estuprar e engravidar sobrinha com deficiência mental

Policiais civis de Simplício Mendes e São João do Piauí prenderam na manhã desta quinta-feira (11) um idoso de 64 anos acusado de estuprar e engravidar a sobrinha com deficiência mental.

Identificado como Domingos Paulo da Silva, o acusado foi detido em um bar em São João do Piauí. Segundo o delegado de Simplício Mendes, Marcelo Leal, ele não resistiu à prisão e confessou ter mantido relações sexuais com a sobrinha de 17 anos.

"Ele estava há algum tempo abusando de forma sistemática de uma das sobrinhas, que é deficiente mental. Ela, inclusive, engravidou por causa dos abusos. Tomamos conhecimento do fato, reunimos informações e, com um mandado de prisão, conseguimos localizá-lo em um bar e efetuamos a captura. Ele foi trazido para a delegacia e confessou que tinha uma 'amizade' com a sobrinha", detalhou o delegado.

Por causa dos abusos, a sobrinha deu à luz no dia 9 de maio. De acordo com Marcelo Leal, Domingos Paulo se comprometeu a fazer um exame de DNA para confirmar a paternidade. "Por ter abusado da sobrinha, ele responderá por estupro de vulnerável. Caso seja condenado, pode pegar de oito a 15 anos de cadeia", explica o delegado de Simplício Mendes.

Outros crimes

Aposentado, o idoso Domingos Paulo da Silva já respondia por uma tentativa de estupro ocorrida em 2007. Além disso, a Polícia Civil descobriu que ele fez vários empréstimos consignados no nome da irmã, que também deificiente mental e da qual é procurador. "A mãe da sobrinha abusada também é doente mental e atualmente vive acamada. Recentemente, teve um AVC. O pai é falecido. Enfim, é uma família em situação de extrema pobreza", lamentou Marcelo Leal.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com