Cidadeverde.com

Profissionais de São João do Piauí prestam assistência a pessoas com deficiência auditiva

O coordenador Edmilson Ferreira da Silva e a intérprete Márcia Ferreira, da Central de Interpretação de Libras de São João do Piauí, estão realizando uma série de visitas a deficientes auditivos com o objetivo de conhecer a população com esse tipo de deficiência no município e inserí-la nas atividades desenvolvidas pelo órgão.

“Também queremos incentivar as pessoas com deficiência auditiva a aprender e utilizar a língua brasileira de sinais”, enfatiza Edmilson Ferreira, coordenador da CIL.

A CIL conta com uma equipe de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras), que atua em diversos tipos de atendimento como, por exemplo, na marcação de consultas médicas e solicitação de emissão de documentos pessoais (CPF, Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, entre outros). 

Também são prestados serviços via internet, como interpretação em atendimentos online para a prestação de serviços públicos. Além disso, a Central de Interpretação de Libras disponibiliza acompanhamento de deficientes auditivos, surdos e surdocegos em unidades da rede pública de saúde (SUS), delegacias, tribunais, entre outros.


Da editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com