Cidadeverde.com

Coluna 11/01/23

Raciocínio lógico: Zé Santana no PT

O ex-deputado e novo presidente da Agespisa, Zé Santana, deve deixar o MDB em breve com destino ao PT. Nos bastidores, avalia-se que essa é a condição para que ele obtenha os colégios eleitorais da ex-deputada petista Rejane Dias, aprovada como conselheira do Tribunal de Contas do Estado em sabatina na Assembleia Legislativa na última terça-feira, 10. Zé Santana, naturalmente, não herdaria parte das bases petistas se fosse disputar uma cadeira de deputado federal no MDB. Como se sabe, PT e MDB são aliados, mas também os maiores concorrentes velados na política estadual.


Explicado

A ausência do superintendente da Saad Sul, João Victor Alves, o Juca, no comando da superintendência em Teresina, não tem relação direta com uma suposta reorganização ou mini-reforma na administração de Dr.Pessoa. Em conversa com a coluna, João Victor negou rumores de que iria para a Semcaspi, a robusta pasta da assistência social que tem como secretário Alan Cavalcante, da cota pessoal do prefeito. 

Fotos: Arquivo Pessoal


 


Choque

João Victor está participando da tradicional peregrinação feita pelo deputado Jeová Alencar (Republicanos), a Santa Cruz dos Milagres. Assina na pasta, no lugar de Juca, o número dois da Saad Sul, Uiatan Lima, ambos homens de confiança de Jeová Alencar. A ida de Juca para a Semcaspi, ou até mesmo a presença do próprio Jeová na pasta, tem potencial de atrair um novo foco de tensão no Palácio da Cidade já que, para alguém entrar, outro alguém precisa sair. A Semcaspi é do rol de influência do presidente da Eturb, João Duarte, o Pessoinha.


Brasília é o destino

Uma comissão de vereadores de Teresina estará em Brasília na próxima semana. Foco: recursos de emendas de deputados federais e senadores – Elmano Férrer, no caso – que deixam o mandato e ainda possuem margem para indicações. Entre os vereadores com passagem comprada para a capital federal estão Venâncio Cardoso, Enzo Samuel e Markim Costa.


Outro dia

O pós dos atos antidemocráticos em Brasília deixou de stand by duas pragmáticas discussões da bancada federal do Piauí: a distribuição dos cargos federais entre senadores e deputados federais (há impasse sobre diversos órgãos, em especial Funasa, Conab e Incra) e a reorganização dos gabinetes, afinal, a localização do gabinete de um parlamentar é sinal de prestígio (ou não) do político. Ninguém quer ficar nos “puxadinhos” da Câmara. 


A mudança de WDias

O próprio ministro Wellington Dias reside em Brasília no apartamento funcional da agora ex-deputada federal Rejane Dias. Como Rejane irá para o TCE-PI, Wellington pode se mudar para um novo endereço enquanto trabalha para anúncios importantes -provavelmente na próxima semana – na pasta do Desenvolvimento Social.

Foto: divulgação 


Vamos de chapão

Estratégia do Palácio da Cidade na eleição de 2024 começa a ser desenhada desde já e contará com dois super-partidos como chapas proporcionais, segundo fonte no entorno do prefeito Dr.Pessoa. O primeiro partido será o Republicanos, sigla a qual o prefeito é filiado e pretende permanecer. Já o segundo, é segredo guardado a sete chaves. A estratégia do “chapão” foi usada por PT e MDB no último pleito estadual. E, de fato, elegeu as duas maiores bancadas, respectivamente, na Assembleia Legislativa.


Recado

Há fotos de registro de rotina. Fotos de marketing eleitoral. E registros de sinais. A imagem do senador Ciro Nogueira, sorridente, no plenário do Senado Federal, classifica-se na última categoria. Ciro, segundo interlocutores, sinaliza sua retomada de posição no Congresso Nacional, após o período afastado como ministro da Casa Civil de Jair Bolsonaro. Sempre atuando nos bastidores, agora dá sinal de assumir publicamente a linha de frente da articulação do Progressistas.

Foto: divulgação 


Foto do dia 

Mulheres na política. E mulheres no esporte. Ambas alas tradicionalmente designadas ao masculino, plenamente ocupadas por representantes femininas. Prova disso é o registro da secretária estadual de Esportes, Josiene Campelo, e equipe da secretaria, sobre as ações para o esporte piauiense. Ao lado do deputado estadual Evaldo Gomes (SDD), ela destaca a meta de trabalhar políticas de incentivo fiscal para empresas que queiram patrocinar o esporte e incentivo às práticas esportivas por idosos e pessoas com deficiência: “O foco é a captação de recursos com parcerias junto à iniciativa privada e junto aos governo municipal e governo federal como forma de reativar o esporte em todos o estado”, adiantou Josiene.

Foto: Divulgação 


Frase para pensar

“Meu papel é levar todos comigo, não só aqueles que são bons. Porque, se eu quiser liderar apenas os bons, vou ficar com pouca gente”, Juan Domingo Perón (198501974), ex-presidente da Argentina, quando criticado por não recusar o apoio de certas forças políticas.