Cidadeverde.com

Coluna 16/01/23

Franzé Silva para PMT 

Os secretários mais próximos de Rafael Fonteles – não tem mulher na turma, por enquanto – afirmam até mesmo aos colegas políticos que não pensam em disputar a eleição de 2024 nem de 26. O foco, eles argumentam, é o trabalho pela reeleição de Fonteles. Há uma importante ponderação a ser feita: uma eleição antecipa a outra. Sem um grupo forte eleito em 24 – inclusive com nomes de sua confiança – a base abriria margem para fortalecer outros grupos políticos, originários da própria base aliada ou não, que chegarão mais fortes em 2026 para disptar o poder justamente com Rafael.

Foto: Divulgação


Aliados

“Acredito que eles (base de Rafael Fonteles) querem um político aliado como candidato a prefeito em Teresina. Washington Bonfim, Enzo Samuel ou outro parecido. Enzo só deve entrar com as bençãos de Rafael e Bonfim pode ter também o apoio do pessoal do Firmino”, explica à coluna fonte com trânsito privilegiado no Palácio de Karnak.


Vem aí

A novidade mesmo vem com Franzé Silva, presidente da Assembleia Legislativa do Piauí. O petista está na lista – e subiu algumas importantes posições, concorrendo com Fábio Novo e Dr. Vinícius - como possível candidato a prefeito de Teresina pelo PT. Tudo vai depender do saldo de seus dois anos como presidente do Poder Legislativo estadual. Franzé se movimenta com desenvoltura nas costuras políticas e terá um palanque importante de visibilidade na Alepi. A conferir.


Uhuu

Foi muito comemorado no entorno governista, o fato de a oposição ter votado a favor de Rejane Dias como conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Piauí. “Unanimidade! Como vão poder criticar no futuro?”, questiona uma fonte da base aliada, em reserva.


Para comparar

A título de comparação, a ex-primeira dama e atual conselheira do TCE-PI, Lílian Martins, foi eleita com 25 votos, com quatro votos para os adversários na época e uma ausência. Já Flora Izabel, ex-deputada estadual do PT, teve 17 votos contra 12 de Wilson Brandão, seu adversário na ocasião, além de um voto em branco.


Saad Não, Semec sim

A respeito da última coluna sobre o destino do deputado eleito Jeová Alencar (Republicanos) na administração de Dr.Pessoa, fonte aponta que o ex-presidente da Câmara de Teresina estará sim no Executivo municipal, mas não em uma Saad. A ideia de Jeová seria ocupar a secretaria de Educação da capital, mantendo Juca Alves na Saad Sul. Outra opção seria a Semcaspi, mas essa é uma pasta ligada a João Duarte, o Pessoinha, o que torna o acordo mais difícil entre as partes.


Se todos os deputados federais são iguais – cada um tem um voto na Câmara dos Deputados, independente da votação nas urnas - e nenhum vai desistir deliberadamente de indicar cargos federais do próprio interesse no Piauí, o impasse só pode ser resolvido com a ascendência de uma liderança que organize e equilibre os interesses. Talvez Wellington Dias tenha que entrar na história.


Não volta

Em Brasília, ninguém espera o retorno do ex-presidente Jair Bolsonaro este mês, nem no próximo. Com o clima ainda quente pós atos antidemocráticos de domingo, 08, Bolsonaro poderia ser preso por ordem de qualquer juiz de primeira instância, já que não tem mais a blindagem do mandato presidencial. O time do retorno do ex-presidente deve ser postergado, seja nos Estados Unidos, na Itália ou outro país em que a direita seja mais robusta e possa abriga-lo.

Foto: Divulgação 


A foto do dia:

Menos “índio” por conta do novo corte de cabelo, agora espetado, o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, com a vereadora de Teresina, Elzuila Calixto (PT), que mesmo com uma atuação mais discreta na Câmara da capital (em comparação com os midiáticos Dudu e Deolindo Moura, colegas de partido), é vista como nome sólido e boa surpresa política no novo PT podendo, por exemplo, somar como vice em uma chapa onde o partido não indique o cabeça de chapa em Teresina.

Foto: Divulgação 


A frase para pensar:

“A verdadeira política se faz à noite, depois do encerramento das votações no Congresso", Ulysses Guimarães (1916-1992), político.