Cidadeverde.com

PSD não abre mão de vaga em chapa majoritária

E segundo o deputado federal Júlio César Lima, presidente da sigla no Piauí, não vale vaga de suplente de senador. O parlamentar informou que o PSD é a segunda maior força política do estado e essa condição justifica o desejo para compor a chapa majoritária governista. Hoje a composição mais comentada indica duas vagas para o PT (governo e senado) e uma para o MDB (vice). Desde 2018 que o PSD busca, sem sucesso, integrar uma chapa majoritária. Júlio César também revelou que foi procurado pelo senador Ciro Nogueira, principal líder da oposição no Piauí, mas a conversa não definiu acordo para o PSD deixar a base aliada ao governo do estado.