Cidadeverde.com

Prefeitura explica acordo com terceirizada

Sobre litígio jurídico com  empresa que presta serviços terceirzados, a prefeitura de Teresina, em nota, revela explicações:

"Conforme acordo firmado na Justiça do Trabalho, a Prefeitura de Teresina depositou em juízo os valores referentes aos salários dos servidores terceirizados da Servi-San, que somam R$ 2.994.034,02.  Na última sexta-feira, o município transferiu R$ 2 milhões e, nesta terça-feira, mais R$ 994.034,02 foram depositados na conta determinada pela Justiça.

 

O depósito do valor empenhado à Servisan foi autorizado pela juíza Basiliça Alves, da 4ª Vara do Trabalho. O objetivo da Prefeitura ao firmar o acordo foi  garantir que os trabalhadores terceirizados que prestam serviços para o Município possam receber seus salários e que não ocorra suspensão dos serviços realizados por eles.

 

A ação contra a Empresa Servisan foi ajuizada na 4ª Vara do Trabalho pelo Sindicato dos Empregados de Empresas de Segurança, Vigilância, Transporte de Valores e Serviços Orgânicos de Segurança do Piauí e pelo Sindicato dos Empregados de Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Piauí. As duas entidades cobram pagamento de valores atrasados da remuneração dos trabalhadores que prestam serviços para o Município de Teresina e Estado."