Cidadeverde.com

Em meio à crise, prefeitura antecipa pagamento de servidores

 Foto: Divulgação/ Ascom

A crise que desafia o equilíbrio das contas no governo e na maioria das prefeituras ameaça investimentos e despesas fundamentais, como salários de servidores. Em Monsenhor Gil, o fim de ano fugiu à regra em relação à folha de pessoal. O décimo terceiro salário é pago integralmente na data de aniversário do servidor. Pra fechar o ano, o prefeito João Luís (PSD) decidiu antecipar o pagamento dos servidores efetivos do município referente ao mês de dezembro. A crise existe e exige capacidade de planejamento dos gestores. Na Foto, o prefeito João Luís e a vereadora Eliane Moura (PRP), líder da bancada da situação, que comemorou o feito. “É dinheiro que circula no comércio e favorece a economia, principalmente nesta época do ano, que coincide com os festejos do nosso padroeiro, Menino Deus de Natal”, lembra Eliane.