Cidadeverde.com
Destaques da TV

Feito em Casa: Casa histórica de comunidade quilombola em ruína

Imprimir

O Feito em Casa, deste sábado(11/03), foi até a comunidade quilombola "Olho d'água dos negros", localizada a 16km de Esperantina(PI), onde encontra-se em ruína um casarão, que já foi tombado como patrimônio cultural do Piauí.

Na comunidade, o apresentador Cineas Santos conversou com o Cláudio, um descendente de escravos que residiam no local, que ajudou a contar um pouco da história do casarão com informações repassadas pelo avô.

Cláudio disse que a casa, típica de uma fazenda do Piauí, foi construída em 1847 e que antigamente era chamada de fazenda Taboca. Nela, havia um porão onde os negros eram colocados quando estavam quase mortos; um engenho que funcionava com a força braçal dos escravos e até um cõmodo onde os filhos do dono "açoitavam" as negras, ou seja, abusavam sexualmente delas.

Parte da casa já desabou, mas ainda existem elementos originais no local, como piso e portas.

Atualmente, segundo Cláudio, busca-se recursos junto aos órgãos de cultura, estadual e federal, para a restauração da casa. Ele lamentou a situação em que se encontra o casarão. "O Piauí perde toda a história e faz de conta que os negros não existiram aqui", justificou.

Para Cineas, a casa é algo muito precioso que o tempo consome de forma impiedosa. O apresentador defendeu a restauração do local para resgatar a memória do que acontecia com os negros na época da escravidão."Não contar isso é empobrecer a história. Contar significa mostrar o quanto esse povo merece respeito", falou.

Veja no vídeo a reportagem completa:


Marcelo Lopes
marcelolopes@cidadeverde.com

Imprimir