Cidadeverde.com
Geral

Sono ao volante pode ter sido causa de acidente que matou filha de ex-secretário

Imprimir
  • 18222537_1527162367308466_9056632310079654733_n.jpg Rubens Neres dirigia o veículo e morreu na hora
    Piauí Notícias
  • dd88570cc96eb6d9ee7f343d36126a64.jpg Inspetor da PRF, Isaías Segundo
    Piauí Notícias
  • 46882b196bbb0cd5e8d60b4c97b6cd2a.jpg Dos quatro ocupantes do carro, dois morreram
    Piauí Notícias
  • b700bf30f1111406ded86c359deb5ee6.jpg Acidente envolveu um veículo de passeio e um caminhão
    Piauí Notícias
  • carroa.jpg Carro de passeio ficou praticamente destruído
    Piauí Notícias

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Isaías Segundo, informou que uma das causas do acidente que matou a filha do ex-secretário Estadual de Saúde, Francisco Costa, pode ter sido sono ao volante. Além desta possibilidade, a PRF não descarta que um animal tenha invadido a pista ou que uma ultrapassagem tenha sido feita de forma indevida.

"Suspeitamos de sono ao volante por parte do motorista do HB20, onde estava a família, por conta do horário do acidente, que foi à noite", informou o inspetor.                        

O trecho onde aconteceu o acidente, na BR-230 entre Floriano e Nazaré do Piauí, é de via reta e ultrapassagens são permitidas. 

O HB20 onde estava a filha do secretário colidiu frontalmente de forma lateral com um caminhão carregado de refrigerantes. "Foi constatado que o motorista do HB20 invadiu a faixa contrária", acrescentou o inspetor. 

Além da filha do secretário, o condutor do veículo, o engenheiro Rubens Neres, também morreu.

O motorista do caminhão- não teve a identidade revelada-  saiu ileso e teria prestado socorro às vítimas.

A PRF alerta que o trecho da rodovia onde aconteceu o acidente é de pista simples, mas tem faixas contrárias e é preciso que os condutores estejam atentos para evitar colisões.

"Já foram identificados outros acidentes neste trecho de colisão frontal. É um trecho que necessita de uma atenção muito maior por parte dos condutores", orienta o inspetor.

 

Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Imprimir