Cidadeverde.com
Geral

Universitárias da UFPI realizam estudos sobre a Revista Cidade Verde

Imprimir
As estudantes do 5º período do curso de Jornalismo, Dariana Ribeiro e Luciana Rodrigues, utilizaram a revista Cidade Verde em dois de seus trabalhos acadêmicos no último semestre. Elas mostraram a importância da publicação ao propor discussões à sociedade piauiense e como um instrumento de construção e reafirmação de uma “piauiensidade”. 

Os trabalhos foram realizados durante as disciplinas Introdução ao Jornalismo e Cultura Contemporânea 2 ministrados pela professora Daiane Rufino. 

“No primeiro deles, nós aplicamos as teorias do Newsmaking e da Agenda-setting para analisar as 17 capas da revista e pudemos identificar que a revista tem a função de aprofundar temas de grande repercussão na sociedade como o caso Fernanda Lages, o acidente do Amadeu Campos e a Integração dos ônibus”, pontua Dariana Ribeiro. 

Raoni Barbosa/Revista Cidade Verde

Na disciplina de Cultura Contemporânea as universitárias utilizaram três objetos de pesquisa para analisar a cultura piauiense: a música da banda Validuaté, a cajuína e a revista Cidade Verde. 

“A Validuaté acabou virando uma referência por levar a música do Piauí para outros estados e ter uma grande quantidade de fãs aqui também. A cajuína é encontrada em qualquer restaurante ou bar. Já a revista apresenta os elementos que muitas vezes faltam nos livros de história, apresentando temas como a nossa arquitetura, a Serra da Capivara, de uma forma e com um acesso mais dinâmicos”, descreve Luciana.


Segundo a dupla, um outro fator importante é que, além de ser mais acessível que um livro, a revista Cidade Verde acaba se tornando uma fonte de pesquisa importante e sempre atual. “Ela acaba como uma referência para mostrar a outras as pessoas o que é o Piauí”, descreve Luciana. 


Carlos Lustosa Filho
redacao@cidadeverde.com
Imprimir