Cidadeverde.com

123 alunos participam da 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática

Na tarde deste sábado, 123 alunos da rede municipal de ensino de Campo Maior participam da Segunda Fase da Olimpíada Brasileira de Matemática - OBMEP. Muitos foram acompanhados dos pais ao Patronato Nossa Senhora de Lourdes - onde as provas são realizadas.  A Secretaria Municipal de Educação vem preparando os alunos desde o ano passado, com o apoio de toda a equipe da Semed.

O grande apoio vem também dos professores de matemática, que no contra turno, estão voluntariamente dando aula de reforço preparando eles para esta Olimpíada. O município de Campo Maior pela primeira vez têm alcançado medalhas  nesta olimpíada, pela participação e empenho dos alunos como aconteceu no ano passado com medalhas de bronze.

Por conta destas participações alunos da rede municipal conquistou bolsa de estudo no valor de mais de R$ 1 mil reais mensal/ CNPQ, para estudar matemática e os projetos na área. A estudante Ingrid Gomes - da Escola Raio de Esperança (Briolanja Oliveira) conta que participou das revisões e está preparada.

Micaele Sousa do Nascimento - Escola Raio de Esperança - esta ansiosa para o início da prova. Para ela é estimulante participar. Jean Carlos dos Santos Rocha - Escola Hilson Bona. Desde o ano passado participa. Já conquistou a menção honrosa. Agora está na luta para conquistar uma medalha de bronze, prata ou ouro.

O prefeito Professor Ribinha e a secretária de Educação Conceição Lima estão dando apoio aos professores e aos alunos para alcançarem os melhores resultados na educação municipal. Eles acreditam que o futuro das crianças e jovens depende de uma educação de qualidade.

Na entrada da escola a SEMED um kit aos alunos contendo água, caneta, e chocolate. O prefeito e a secretária desejaram boa sorte a todos nesta segunda fase da Olimpíada. O município começou a conquistar medallhas da OBMEP desde o ano passado, sendo uma de bronze e menções honrosas.

O aluno campomaiorense Rogério Ricardo Oliveira da Silva, 13 anos de idade, (foto abaixo) da Escola Hilson Bona foi premiado com uma bolsa no Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC) pelo bom desempenho que obteve na participação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas no ano passado. Em 13 anos que a OBMEP é realizada, essa é a primeira vez que um aluno de ensino fundamental do município conquista o prêmio.


cidades@cidadeverde.com