Cidadeverde.com

Por que precisamos nos isolar?

Com a chegada do novo coronavírus no Brasil (SARS-Cov2) e a possibilidade de chegada no Piauí, algumas medidas são muito importantes para evitar e barrar o avanço da doença (CoViD19). Como pesquisador que trabalha com divulgação científica e professor fui procurado por amigos, conhecidos e meios de comunicação para fazer alguns esclarecimentos, falando principalmente sobre o que se sabe sobre a doença, os meios de se evitá-la e os cuidados necessários para coibir este contágio. Por isso, mais uma vez escrevo sobre o assunto, que embora não seja minha especialidade, nas funções que exerço – de professor e de divulgador de ciência – me obrigam a fazer esclarecimentos necessários.

Durante o processo de epidemia, de uma doença que não dá trégua para os sistemas de saúde, o que inclui os países de primeiro mundo, como a Itália e a Espanha, que hoje são as nações que mais veem seus cidadãos sucumbirem e até perecerem ante a infecção que se alastra fortemente, ceifando vidas de todas as idades, mas principalmente os idosos, algumas decisões, especialmente as que falavam sobre a necessidade de estancar o contato entre as pessoas, nestas nações, demoraram a ser consideradas, primeiro pelas autoridades e depois pela população. Mas os especialistas são unânimes em afirmar sobre a necessidade deste isolamento, com a finalidade de ACHATAR A CURVA. Mas que curva é essa?

A velocidade de infecção pelo novo coronavírus em países como a Itália, ocorreu de modo exponencial, como se diz na Matemática. Na figura acima, em vermelho, temos uma representação de como seria a infecção com muitos casos ocorrendo ao mesmo tempo. Com isso, o sistema de saúde, representado na figura pela linha tracejada não conseguiria atender a todos ao mesmo tempo. Quando falamos em “achatar a curva” seria exatamente fazer com que os casos acontecessem, mas de forma mais lenta, como representado na curva em verde, dando tempo os primeiros doentes melhorarem e desonerarem o serviço de saúde.

Ao nos mantermos recolhidos em casa, reduziríamos as oportunidades de contágio e, com isso, achataríamos a curva. Por isso, seguem algumas recomendações:

1) Lave bem as mãos com água e sabão – o vírus tem um capsídeo lipídico, que se dissolve em contato com água e sabão.

2) Mantenha-se em casa. Se alimente bem e se hidrate bem. Evite saídas desnecessárias. Evite aglomerações. A alimentação ajudará a compor o seu sistema imunológico.

3) Ao encontrar um conhecido evite aperto de mãos, abraços e beijos. A contaminação ocorre através de gotículas de saliva e não poupa ninguém.

4) Se apresentar sintomas de gripe e tiver que sair, use máscara. O principal objetivo é não passar para outras pessoas.

5) Adie qualquer tipo de necessidade de viagem ou deslocamento. Sua saúde e de seus parentes é mais importante do que qualquer compromisso. O compromisso primeiro é com sua saúde.

E por último: LAVE BEM AS MÃOS. VAMOS ACHATAR A CURVA E NOS LIVRAR DESTE AGENTE INFECCIOSO USANDO O QUE TEMOS DE MELHOR: NOSSA INTELIGÊNCIA!!!

Até a próxima...