Cidadeverde.com

CEE-PI sob nova Presidência

O Conselho Estadual de Educação do Piauí, órgão regulador do Sistema Estadual de Ensino do Piauí, mudou na última quinta-feira, 16 de julho, seu comando. Assumiu o CEE a Profª Maria Margareth Rodrigues dos Santos, tendo como Vice-presidente a Profª Viviane Fernandes Faria, para o biênio 2020-2022.

A Profª Margareth é pedagoga formada pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Possui especialização em Administração Educacional pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Faculdade Santo Agostinho (FSA) e mestrado profissional em Gestão Educacional pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Atualmente é Diretora Acadêmica do Colégio São Francisco de Sales (Diocesano) e é professora aposentada da rede pública estadual onde atuou durante muitos anos. Trata-se de uma educadora completa, mas tem apreço pela Educação Especial. Atualmente está na finalização do seu quarto mandato como membro do Conselho Estadual de Educação, onde atua em várias frentes como a Comissão de Educação Especial e a Comissão de Educação Superior.

Cons. Margareth Santos. Fonte: CEE-PI.

A Profª Viviane é bacharel e licenciada em Psicologia pela Universidade Católica de Santos e especialista em Gestão de Processos Comunicacionais pela Escola de Comunicação e Arte da Universidade de São Paulo. Profª Viviane foi diretora de Políticas de Educação do Campo, Educação Indígena e Relações Etnorraciais da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI) do Ministério da Educação e consultora da Organização dos Estados Iberoamericanos (OEI) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), além da Secretaria-Executiva da Rede Primeira Infância do Piauí. Entre outros temas, a Profª Viviane é uma apaixonada pela Educação Especial. No CEE está no seu primeiro mandato e atua nas Comissões de Educação Especial, Educação Superior e de Municípios.

Cons. Viviane Faria. Fonte: CEE-PI.

Como se vê, a partir do currículo das conselheiras, o CEE-PI está nas mãos de duas educadoras que primam principalmente pela Educação Inclusiva.

Estive, nos últimos 11 meses, a frente desta casa e a tenho como um lugar de grandes aprendizados. Sou professor há 34 anos, dos quais 12 estive como membro deste colegiado. Lá aprendi com grandes educadores como as duas professoras que hoje dirigem a casa e grandes mestres como Diogo Airemoraes Soares, Antonio Fonseca dos Santos Neto, Socorro Cavalcanti, Eliana Mendonça, Conceição Castelo Branco, Santana Neri, Marta Freitas, Ribamar Torres, Pe. Wellistony Viana, Carlos Alberto Pereira da Silva e muitos outros.

O CEE-PI é, como falei no início deste texto, o órgão normativo da educação básica e ensino superior ofertado pelo Estado, no caso  a Universidade Estadual do Piauí (UESPI). É um órgão vinculado à Secretaria Estadual de Educação e que merece um olhar mais cuidadoso por parte dos governantes. Na minha opinião, o Governo deve olhar muito melhor.

Boa semana para todos (as).