Cidadeverde.com

Webb a caminho

A agência espacial americana em consórcio com a agência espacial europeia e a canadense lançaram o telescópio mais caro da história: o telescópio espacial James Webb. O aparelho custou a bagatela de US$ 10 bilhões estará apto a captar imagens de mundos alienígenas e das primeiras galáxias do Universo.

Telescópio Webb. Fonte: dw.com

O telescópio que homenageia o ex-administrador da NASA, James Edwin Webb, é o maior já enviado. Seu espelho, formado por 18 placas em formato hexagonal (como a colmeia de abelha) revestidas de ouro, mede 6,5 metros de diâmetro e foi armado apenas após o lançamento, já no espaço. Aliás grande parte dos principais atributos do telescópio só estarão com a montagem concluída de forma remota, dado o tamanho da sua estrutura e a logística para posicioná-lo em órbita, cerca de 1,5 milhões de km da superfície terrestre.

Em seis meses o telescópio deve iniciar suas operações comandadas por 300 equipes de astrônomos. Em pleno funcionamento, o Webb liderará a busca por informações que os telescópios da Terra ou o Telescópio Espacial Hubble não conseguem. Trata-se da mais nova ferramenta à disposição dos cientistas.

Até o próximo post...