Cidadeverde.com

Será o fim da pandemia?

A partir destes próximos dias vamos começar a entender se estamos realmente ou não chegando ao fim da pandemia. Com o fim da obrigatoriedade do uso das máscaras e o índice de vacinados passados de 80% vamos, mais uma vez, nos submetermos a uma experiência de ver exatamente como as coisas funcionam sob as hostes deste vírus, sua excelência, SARS-CoV2.

Segundo muitos especialistas em generalidades, as máscaras que a maioria das pessoas usa, sejam de tecido ou estas “quase” cirúrgicas que são vendidas em todo lugar, não farão muita diferença. Embora muitos destes céticos achem que a máscara não impede o vírus, mas atrapalha a respiração (o que seria um contrassenso visto que as moléculas que precisamos para respirar são bem menores do que as partículas virais!), de modo bem empírico, sou capaz de dizer, que pelos menos atrapalharam muito as contaminações usuais, pelo menos da gripe comum e, como dizem os muitos memes na internet, esconderam muita feiura e retiveram muito “bafo de onça” por aí...

Pelo sim, pelo não vamos saber em poucas semanas se tirar máscara vai ser bom ou ruim. Notícias da Ásia já dão conta que países como a Coreia do Sul e Vietnã que seguraram bem a pandemia nos dois primeiros anos, estão experimentando casos de COVID-19 pela variante ômicron com cifras de 300 mil e 200 mil casos diários, respectivamente. A China com sua política radical de COVID-19 Zero, trancafiou 37 milhões de chineses em lockdown na Província de Jilin, onde fica uma das maiores cidades chinesas – Shenzhen, com mais de 12 milhões de habitantes.

Torço todos os dias para que voltemos, o mais rápido possível, para mais perto do que chamávamos de normal, nas nossas vidas.

Até o próximo post...