Cidadeverde.com

Pesca criminosa

As atividades criminosas ocorrem em praticamente todos os segmentos. Mas algumas áreas, por suas próprias características podem apresentar ações criminosas mais difíceis de serem combatidas. É o caso dos crimes envolvendo atividade pesqueira nos oceanos.

Recentemente foi publicado um estudo em nível mundial sobre as diferentes infrações cometidas no ramo da atividade pesqueira, tanto na pesca em pequena escala, quanto na pesca em escala industrial. O estudo foi conduzido por Dyhia Belhabib e Philippe Le Billon da Universidade de Columbia Britânica em Vancouver no Canadá. A pesquisa foi feita com base no maior repositório de notificações sobre crimes em pesca do mundo – o CRFV, no recorte temporal compreendido entre 2000 e 2020. O CRFV é um banco de dados global sobre infrações relacionadas a embarcações de pesca no mar, abrangendo todos os tipos de infrações que ocorrem a bordo de embarcações de pesca, por indivíduos e empresas, globalmente.

Foram analisadas 6.853 ocorrências em diferentes partes do mundo. O resultado é estarrecedor. Mais de 450 embarcações envolvidas de mais de 20 empresas da China e da União Europeia, principalmente. Os crimes foram tipificados em 3 grandes categorias (Crimes de Pesca, Crimes de Fraude e Desvio e Crimes de Natureza Pessoal e Patrimonial) e 18 subcategorias. Os gráficos a seguir dão uma ideia do tamanho do problema.

Fonte: Science Advances

Para se ter uma ideia estes crimes abrangem desde o uso de mão de obra escrava, até assassinados, uso de apetrechos e técnicas ilegais, até a invasão de áreas de santuários ou áreas legalmente protegidas.

O mar é considerado o mais rico de todos os ambientes que detêm vida. Ainda é muito desconhecido, sob o ponto de vista da diversidade de seres vivos. Além disso é uma fonte grande de recursos alimentares. Cuidar do mar é um dever de todas as nações. Com esta pesquisa deu para perceber o tamanho do problema que temos e que estamos deixando para as próximas gerações.

Até o próximo post...