Cidadeverde.com

Homo sapiens: espécie única?

  • neanderthalensis.jpg Imagens Internet
  • homofloresie.jpg Imagens Internet
  • homo_heidelbergensis.jpg Imagens Internet
  • Homo_erectus.jpg Imagens Internet

Talvez você já saiba que o homem (Homo sapiens) é uma espécie ímpar do gênero Homo. De acordo com os pesquisadores as espécies mais próximas, viventes, dos humanos são os macacos do gênero Pan (Chimpanzé e o Bonobo) e do gênero Gorilla (Gorila). Talvez até já tenha ouvido falar do homem de Neanderthal, que viveu na Europa por volta de 100 mil anos atrás e é considerado atualmente uma subespécie do nosso ancestral direto.

O que talvez você não sabe é que o ancestral do homem moderno viveu juntamente com outras cinco espécies há cerca de 30 mil anos, compartilhando a vida na Terra. Além do Homo sapiens sapiens (nosso ancestral), viveram em diferentes regiões da Terra o Homo sapiens neanderthalensis, o Homo erectus, Homo heidelbergensis, Homo floresiensis e o hominídeo de Denisova (ainda sem nome científico).

Em palestra recente ao canal do Ciência USP no YouTube, o paleoantropólogo mais importante do Brasil, Walter Neves, responsável por descobertas sobre os primeiros habitantes humanos no território brasileiro, autor do livro o Povo de Luzia, colocou claramente sobre a relação entre o nosso ancestral e estas outras espécies que conviveram contemporaneamente conosco, em diferentes lugares do planeta.

Algumas das descobertas reveladas por Neves são tão recentes que ainda carecem de mais investigação científica, como o hominídeo de Denisova, encontrado em uma caverna na Sibéria. Os dados levantados nas pesquisas ainda não permitiram a sua nominação científica.

Confira o vídeo em: https://www.youtube.com/watch?v=Vk2KZ0cEaTk&index=4&list=PLwA0zWYFcS_ioayC-txYlEeAutGLxhLp7