Cidadeverde.com

No mundo animal também é assim: não basta ser pai...

  • Alevinos_de_Aruan_2.jpg Imagens da Internet
  • aruanã1.jpg Imagens da Internet
  • cavalo_marinho_parindo.jpg Imagens da Internet
  • Herectus1.jpg Imagens da Internet
  • Hippocampus-Reidi-05.jpg Imagens da Internet
  • procurando_nemo2.jpg Imagens da Internet
  • procurando-nemo-marlin-nemo.jpg Imagens da Internet

O Nemo que o diga...

Como hoje é o dia dos Pais resolvi falar um pouco de alguns animais que, no exercício da função de pai nos ensinam lições pra lá de interessantes.

Muitas animações exibidas para crianças trazem histórias interessantes, não somente pelo conhecimento que transmitem, mas incluindo verdadeiras lições de vida que devem ser repassadas através do entretenimento. Um destes casos é o peixe-palhaço Marlin, o pai superprotetor de Nemo do clássico da Disney, Procurando Nemo. Nemo foi o único filhote que escapou de ser predado e tem um defeito em uma das nadadeiras, o que provoca um cuidado exagerado do seu pai Marlin. Cientistas da Universidade de Illinois (EUA) descobriram que os peixes-palhaço (Amphiprion ocellaris) dispensam cuidados parentais até para ovos que não pertencem às suas ninhadas. Foi observado que promovem a limpeza de resíduos nos ovos e abanam com as nadadeiras fornecendo maior disponibilidade de oxigênio. Outros animais em igual condição devorariam os ovos.

Outro pai campeão em cuidados com os filhotes é o cavalo-marinho. Na sua corte, durante o acasalamento, o macho guarda, protegendo em uma bolsa ventral, os ovos. Após maturação e a eclosão os filhotes são expelidos em movimentos que se assemelham a contrações de um parto. Todo o trabalho que nas demais espécies é feito pela fêmea, no cavalo-marinho, é realizado pelo macho. No litoral brasileiro encontram-se pelo menos três espécies destes animais que lembram cavalos, mas são peixes ósseos (Hippocampus reide,  H. erectus e H. patagonicus). No litoral do Piauí, uma das atrações é a visita ao manguezal onde é possível visualizar estes belos peixes. Veja o macho do cavalo-marinho parindo

A atividade de proteção de filhotes também é rotina na vida do papai Aruanã. O Aruanã é uma espécie de peixe de água doce (Osteoglossum bicirrhosum) típico da bacia Amazônica que guarda seus ovos na boca. A atividade é desenvolvida pelo macho que durante este período fica sem se alimentar e, constantemente vai à superfície para captar oxigênio para os ovos.

Estes três exemplos vindos da água demonstram o quão sábia é a natureza, dividindo responsabilidades entre machos e fêmeas na lida e nos cuidados com os filhotes. A atividade de ser pai não deve se restringir à mantença do lar, mas deve, sobretudo, à corresponsabilidade na criação e manutenção dos filhotes. Este trabalho de fazer prosperar o futuro da família e o sucesso dos próprios genes não é responsabilidade única da mãe. O pai também tem responsabilidades importantes junto aos filhos.

Para além das animações e dos exemplos na natureza, ser pai também é proteger, é zelar pelo sucesso e pela felicidade dos filhos. Lembrem-se do Peixe-palhaço Marlin, dos Cavalos-Marinhos e dos Aruanãs e Feliz Dia dos Pais!