Cidadeverde.com

Sexo dos crocodilos pode estar sendo afetado pela poluição

  • croc4.jpg Science
  • croc3.jpg Science
  • croc2.jpg Science
  • croc1.jpg Science

A determinação do sexo em cada indivíduo segue padrões diferentes na natureza. Existem os organismos que apresentam cromossomos especiais influenciando na sua determinação sexual. É o caso do ser humano que tem um par de cromossomos com esta finalidade: as meninas são XX e os meninos XY. Em outras espécies existem sistemas similares que trabalham com cromossomos de forma um pouco diferente. É o caso das aves que apresentam uma situação inversa em relação aos seres humanos: as galinhas (ZW) e os galos (ZZ)[i].

Em outros seres a determinação sexual segue padrões inusitados. Em alguns répteis como tartarugas e crocodilos a determinação sexual é fruto da variação de fatores ambientais, como a temperatura, por exemplo. Em um ninho de tartaruga os ovos situados mais próximos à superfície do ninho e que recebem mais calor do sol geram filhotes do sexo feminino. Os ovos situados mais ao fundo do ninho geram filhotes do sexo masculino. Este fator de determinação, inclusive, é uma das preocupações dos pesquisadores quando se fala em aquecimento global. Se a Terra está mesmo aquecendo, com o tempo, as espécies que usam a temperatura como critério para determinação sexual passarão por um desequilíbrio sexual.

Alguns peixes têm sua determinação sexual equilibrada pela variação da razão sexual: se existem muitos machos, os próximos filhotes serão fêmeas. Se existem muitas fêmeas, os próximos filhotes serão machos. O que determina isso? A quantidade de hormônio na água. Se existe muito hormônio masculino há um processo de inibição no nascimento de novos machos e vice-versa: muito hormônio feminino inibe novas fêmeas.

O homem tem influenciado e, certamente de forma negativa, neste processo. Descoberta recente, publicada na Revista Science de 01 de setembro de 2017, mostrou o caso dos crocodilos na região de Palo Verde na Costa Rica, América Central. Lá há um desequilíbrio forte entre machos e fêmeas dos crocodilos. Estão surgindo 4 machos para cada fêmea. Os cientistas desconfiam de um hormônio sintético encontrado nas águas – o 17a-Metiltestosterona, chamado comumente de MT.

A razão para encontrar altos níveis de MT nas águas da Costa Rica está associada ao uso deste na produção de tilápias. Os produtores destes peixes usam os hormônios para induzir uma geração de machos mais vigorosos e que atingem massa muscular mais rápido, aumentando a produtividade. A notícia cai como uma bomba nos processos de preservação da espécie de Crocodilo Americano que se encontra ameaçada de extinção e tem, nesta região da Costa Rica, uma das maiores reservas da espécie no planeta.

 

 

[i] X, Y, Z e W são nomes dados aos cromossomos sexuais em dois sistemas antagônicos. São os cromossomos alossômicos ou heterossômicos.