Cidadeverde.com

Vamos aprender Ciência através de paródias?

As redes sociais mudaram definitivamente a forma de integração das pessoas, independente de idade ou do lugar onde vivem. Mexendo em uma das redes sociais que utilizo conheci uma forma diferente de falar sobre Ciências. Trata-se do projeto do estudante de Doutorado em Física, Tim Blais. Ele criou o “A Capella Science”. Segundo sua página no Facebook ele vivia um dilema de tolhimento do seu lado criativo com o lado científico até que passou a criar paródias com intuito de mostrar a ciência em outra perspectiva. Seu canal no YouTube já tem quase sete milhões de seguidores. De acordo com seu perfil no FB ele faz todas as apresentações que viram vídeos no YouTube com o seu próprio talento para emitir sons pela sua boca, garganta e cordas vocais. O vídeo Evo-Devo dá uma verdadeira aula sobre a Evolução dos seres vivos, ao som ritmado do hit Despacito. Utiliza a aplicação de conceitos e a concepção de autores clássicos como Charles Darwin e Stephen Jay Gould. Acompanhe:

Já na paródia Science Wars, ele utiliza a música tema de Guerra nas Estrelas (Stars Wars) para falar das particularidades da Biologia, Física, Matemática e Química.

Um show de originalidade. A difusão científica utiliza-se de múltiplos canais para tornar a ciência mais popular. Assim, de modo criativo, é possível atingir um número maior de pessoas.