Cidadeverde.com

P&D no Brasil: o caso de sucesso do Avião E190-E2

  • relacao-de-empresas-residentes.jpg Imagens: EMBRAER / Parque Tecnológico de São José dos Campos
  • IMG_0673-1152x380.jpg Imagens: EMBRAER / Parque Tecnológico de São José dos Campos
  • e190-e2-cutaway-14319044.jpg Imagens: EMBRAER / Parque Tecnológico de São José dos Campos
  • Aircraft_E190-E2_Profit-hunter-2-458x300.jpg Imagens: EMBRAER / Parque Tecnológico de São José dos Campos

O Brasil é conhecido pelo forte potencial na fabricação de aeronaves. Este sucesso é creditado à EMBRAER, uma indústria transnacional (iniciada no Brasil, mas também instalada em outros países) com sua sede brasileira instalada em São José dos Campos (SP).

O entorno da EMBRAER se constituiu em um ecossistema propício ao crescimento do binômio pesquisa & desenvolvimento (P& D): a existência de universidades e centros de ensino e pesquisa favorecem uma interação com a indústria e o resultado é o desenvolvimento de produtos de grande valor tecnológico.

A região de São José dos Campos apresenta várias instituições de ensino superior com destaque para o Instituto de Tecnologia da Aeronáutica (ITA), Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (FATEC), Universidade Estadual Paulista (UNESP) e Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). A cidade conta com um dos maiores parques tecnológicos do país – o Parque Tecnológico de São José dos Campos.

Este Parque foi uma iniciativa da Prefeitura de São José dos Campos combinada com a Associação Parque Tecnológico de São José dos Campos, uma Organização Social (OS), o braço privado do Parque. Além da EMBRAER, o Parque reúne cerca de 300 empresas. Muitas dessas (94) vinculadas ao Arranjo Produtivo Local (APL) Aeroespacial e Defesa, responsáveis pelo desenvolvimento peças para aeronaves e veículos lançadores de satélite.

Como exemplo do sucesso é importante destacar a própria EMBRAER: ocupa atualmente a liderança mundial na fabricação de aeronaves comerciais até 150 lugares e é a terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo.

A EMBRAER vem produzindo a linha de jatos E-JetsE2 e está lançando o modelo E190E2. Este é um modelo de 114 lugares que, no momento da certificação, alcançou excelentes resultados: maior alcance de voo, menor liberação de poluentes, maior economia de combustível (17,3%) e menor emissão de ruídos.

A EMBRAER se coloca como um case de sucesso, resultante da interação entre Universidades (onde o conhecimento é gerado) e o setor produtivo (iniciativa privada, onde há investimento para que o conhecimento gere produtos). Já existem no Brasil outros ecossistemas similares. O Brasil precisa passar pela revolução que a Coreia do Sul, por exemplo, passou: as principais empresas transnacionais coreanas como a Samsung, Hyundai, LG e outras tem seus laboratórios atrelados às Universidades. O conhecimento científico pode se transformar em riquezas. É necessário que se estabeleçam as pontes corretas.

Até o próximo post...