Cidadeverde.com

Morte dos baobás

Os baobás (Adansonia digitata) são árvores majestosas e de porte gigantesco. Seu tronco se espessa muito na porção inferior e sua copa, embora ramificada se apresenta como pouco densa. É uma planta de origem africana e algumas das que são encontradas no continente africano estão entre os seres vivos mais longevos da face da Terra.

O baobá é uma árvore de 15-20 metros de altura de tronco bastante volumoso, grande diâmetro com raízes superficiais, pertencente à família botânica das Bombacaceae. Apesar de ser uma espécie bem típica nas paisagens da savana africana é usada em diversas partes do mundo na arborização, inclusive no Brasil.

Pesquisadores da África do Sul, Romênia e EUA quando usavam um novo método para datação destas árvores verificaram que muitas estão morrendo misteriosamente. Além da degradação imposta pelo homem, os elefantes também são responsáveis por sua destruição. Algumas das plantas que estavam sendo investigadas no processo de datação morreram misteriosamente. Sem uma causa específica ainda e descartada a existência de alguma praga que pudesse levar a esta destruição, crê-se que a morte se vincule à redução de água disponível no solo, motivada pelas mudanças climáticas pelas quais nosso Planeta sofre.

Que a pesquisa consiga solucionar o problema visando preservar alguns dos exemplares de seres vivos há mais tempo vivendo no nosso planeta. Uma das plantas mortas teve sua idade calculada em 2.450 anos.

Até o próximo post...