Cidadeverde.com

Explosão do Cambriano: descobertas novas espécies animais

A expressão Explosão do Cambriano é normalmente usada para referir-se a uma expansão da biodiversidade no período Cambriano, ocorrido a cerca de 540 milhões de anos do tempo presente. Trata-se de uma das Eras mais antigas quando a vida deu uma verdadeira guinada pelo desenvolvimento.

Uma nova “explosão do Cambriano” ocorreu agora com as descobertas de fósseis no Parque Nacional de Kootenay no Canadá. Equipe composta por pesquisadores do Instituto de Geologia e Paleontologia de Nanjing, da China e do Royal Ontario Museum de Ontário Canadá lideram a descoberta de várias espécies de animais totalmente desconhecidos pela Ciência.

Segundo matéria publicada na Science desta semana, o líder da expedição, Jean-Bernard Caron (foto), fala empolgado das extraordinárias descobertas que se sucedem. Foram encontrados animais perfeitamente conservados em rochas escuras. A riqueza de detalhes e a perfeição dos fósseis fez com que sequer o local exato tivesse sido revelado. Há um medo constante de pirataria: aventureiros visitam as áreas nos intervalos em que os pesquisadores não estão e saqueiam os fósseis, vendendo-os no mercado paralelo. Estes fósseis podem custar milhões de dólares pagos por colecionadores inescrupulosos.

Para Cedric Aria, os pesquisadores estão diante de um riquíssimo conjunto fóssil, formado por animais que ainda não foram descritos pela Ciência.

As descobertas avançam. Esperamos que algumas das importantes lacunas deixadas pela falta de registro fóssil sejam de fato preenchidas. A ciência da Evolução agradece o surgimento destes novos testemunhos deste avanço científico.

Até o próximo post...