Cidadeverde.com

Firmino Filho decreta estado de calamidade e libera servidor de grupo de risco

Foto: Roberta Aline

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) decretou nesta sexta-feira (20) estado de calamidade na capital piauiense após a confirmação de três casos positivos para o coronavírus. Os três casos positivos para o Covid-19 são moradores de Teresina. 

Veja decreto de calamidade pública

Veja decreto das medidas econômicas

No decreto, a prefeitura prevê a necessidade de novos gastos em saúde pública causados pela pandemia do novo coronavírus (covid19).

No segundo decreto, que não precisa passar pela votação da Câmara, Firmino Filho reforça o decreto estadual determinando a suspensão de todas as atividades em bares, restaurantes, cinemas, clubes, academias, casas de espetáculo e clínicas de estética. A medida também vale para shoppings centers.

As atividades de saúde bucal/odontologia, quando fora da situação de urgência e emergência, também estão suspensas assim como eventos esportivos.

O decreto municipal também dispensa em todos os órgãos e entidades da administração Pública Municipal, sem prejuízo nos vencimentos, mulheres grávidas, portadores de doenças crônicas e idosos com idade igual ou superior a 60 anos.

Ficou determinada ainda a higienização nos órgãos e entidades do poder público municipal.

O decreto autoriza que os órgãos e entidades do município adotem medidas excepcionais necessárias para enfrentar à disseminação do coronavírus, especialmente a ampliação das medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública.

“Ficam os órgãos e entidades do Poder Executivo Municipal autorizados a adotar medidas excepcionais necessárias para se contrapor à disseminação do novo coronavírus (COVID-19), observada a legislação vigente”, diz o documento. 

De acordo com a prefeitura, todas as medidas adotadas pelo município seguem as orientações de órgãos governamentais, organizações internacionais de saúde para a prevenção da doença e redução dos riscos de contaminação da pandemia. 

UBS à noite

Firmino anunciou na terça-feira (17) a suspensão de todos eventos públicos e privados que possam resultar na aglomeração de mais 50 pessoas em espaço fechado e 100 pessoas em espaço abertos. O prefeito também anunciou que 10 Unidades Básicas de Saúde passarão a funcionar no horário das 07 às 21 horas, e também, nos sábados. Veja lista.

Suspensão de aulas

Na segunda-feira (16), a prefeitura de teresina anunciou a suspensão das aulas na rede municipal para tentar barrar a proliferação do coronavírus na capital. A medida vai atingir mais de 90 mil estudantes

Proibição do corte de água

Nesta sexta-feira (20), o prefeito suspendeu o corte de água dos usuários inadimplentes e determinou a religação para aqueles que já estão com o fornecimento interrompido por inadimplência.

 

Valmir Mâcedo (Com informações da Prefeitura) 
[email protected]