Cidadeverde.com

Mulher é morta com pelo menos 16 facadas e tem membros decepados

A mulher identificada como Marlene Canuto da Silva, de 30 anos, foi morta com pelo menos 16 facadas e teve um braço e a mão decepada na noite desta quarta-feira (9) em Esperantina, município a 174 km de Teresina. De acordo com o comandante da Polícia Militar do município, capitão Luiz Gonzaga Albuquerque, o principal suspeito é o companheiro da vítima, identificada apenas como Naldo.

"Desde a morte ele está foragido e estamos em diligência para localiza ele. Foi um crime com requintes de crueldade e ele retirou a mão e decepou o braço dela", descreveu o policial.

Segundo informações de um portal local, a mãe de Marlene já havia registrado um boletim de ocorrência contra o companheiro e o relacionamento era conflituoso.

Neste momento a Polícia Militar encontra-se em diligência no povoado Varjota, a 3 km do Centro da Cidade e há informações de que o suspeito ainda estaja na cidade.  O corpo de Marlene foi levado para o Hospital de Esperantina e o crime chocou o município.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com