Cidadeverde.com

Seduc inaugura Escola técnica de Esperantina no segundo semestre; Piauí terá mais 40

 

Durante visita a cidade de Esperantina, nesta terça-feira (23), a secretária estadual da Educação, Rejane Dias, visitou as obras de conclusão do Centro de Ensino Profissionalizante do município. Trata-se de uma unidade de grande porte, construída no padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A Seduc prevê a construção de mais 40 unidades em todo o Estado.

O centro de Esperantina irá ampliar a oferta do ensino médio profissionalizante em tempo integral, atendendo mais de 1.200 alunos nos três turnos. "Viemos verificar o andamento da construção da escola e a expectativa é entregar o mais rápido possível. Com a importante parceria com a Controladoria do Estado realizamos um trabalho de regularização dos repasses e distribuição correta dos recursos. Estamos trabalhando para no segundo semestre nossos alunos possam ser transferidos para a nova sede", esclarece a secretária Rejane Dias.

Segundo a secretária, a meta da Seduc é expandir o modelo de ensino de tempo integral com mais 40 escolas no Estado. A escola técnica de Esperantina está orçada em R$ 9.022.256,30 com recursos de convênio do Governo Federal, via FNDE, com Governo do Estado e Secretaria Estadual de Educação. Os recursos para as demais escolas virão de convênios com o Banco do Brasil e o Banco Mundial. Ambos com processo em fase final.

De acordo com o Edmilson Araújo, Supervisor de Ensino, a obra representará um avanço educacional considerável ao município. “É importante esta vinda da secretária conferir como já avançamos na conclusão da escola. Aqui serão oferecido novos cursos técnicos e uma qualificação a mais para os estudantes que já concluíram o ensino médio com uma profissão”, destaca.

Investimento na Educação Profissional.

Segundo a secretária Rejane Dias, a Seduc continuará investindo na ampliação do ensino técnico e profissional do Estado, além do ensino em tempo integral.  "Investir na educação profissional é uma das ações para elevar o nível de escolaridade e de capacitação tecnológica da população. Hoje temos cerca de 44 unidades em tempo integral e devemos alcançar o número de 48 até o fim do ano. Seguindo o cronograma do Plano Nacional de Educação (PNE), em 10 anos, o Piauí deve contar com o mínimo de 50% das escolas em tempo integral", conclui a secretária.