Cidadeverde.com

Missa relembra dois anos da morte de delegado da Polícia Civil do Piauí

Uma missa em memória do delegado Lucas Craveiro, que era titular da Delegacia Regional de Esperantina, será celebrada nesta quinta-feira (17), na Paróquia Nossa Senhora da Glória, no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza- CE.  A cerimônia religiosa marca os dois anos da morte do policial assassinado covardemente com seis tiros, após sair de um restaurante na esquina das avenidas Washington Soares e Coronel Miguel Dias, no bairro Guararapes, na capital cearense. A vítima teria reagido a um assalto e trocado tiros com uma quadrilha.

Emocionados, familiares ainda sofrem com a perda precoce e expressam o sentimento com posts nas redes sociais.

"E hoje, o dia amanhece chovendo, exatamente como há dois anos atrás, no dia mais triste da minha vida.. Já fazem dois anos e parece que essa dor nunca vai passar..meu irmão, não é justo perder você tão precocemente e de maneira tão cruel.. Que mundo é esse? Que cidade é essa? Pelo menos tenho a certeza de que você descansa em paz meu irmão e que não está aqui para presenciar o que está acontecendo em nossa cidade, em nosso país...Te amo para sempre.. Saudades eternas", desabafou André Corsini, irmão de Lucas Craveiro. 

Mesmo com a dor da perda,  amigos e familiares se sentiram aliviados com a condenação dos responsáveis pelo homicídio. A decisão do juiz Sílvio Pinto Falcão Filho, titular da 1ª Vara Criminal de Fortalez, foi anunciada em dezembro de 2015. Somada, a pena dos seis réus ultrapassa mais de 200 anos. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com