Cidadeverde.com

Filho de parlamentar assassinado a tiros é eleito vereador de Esperantina

O candidato Jânio Rodrigues, Tote Filho, como é conhecido, foi eleito vereador de Esperantina com 698 votos neste domingo (2). Tote é filho do vereador  Antônio Aristides de Carvalho do PMDB, morto a tiros no final de agosto durante a campanha eleitoral.

Jânio, de 34 anos, era motorista e se candidatou a um cargo público pela primeira vez para ocupar a vaga deixada pelo pai. Ele agradece o apoio da população e promete dar continuidade ao trabalho do pai no poder legislativo. "Eu me sinto agradecido por ter o apoio do povo. Temos um trabalho muito grande na comunidade e eu me sinto muito agradecido pelo município ter aceito a gente", agradeceu o vereador eleito.

Tote Filho promete desenvolver um projeto de levar água a várias comunidades sem o abastecimento e dar maior acessibilidade a essas comunidades. 

Mesmo dois meses após o crime o acusado de atirar no candidato não foi preso e Tote desabafa e pede por Justiça, prometendo honrar o nome do seu pai na Câmara Municipal. "A gente pede o apoio das autoridades para que tomem providências porque ele fez minha família sofrer e pode fazer muitas outras", desabafou.

O Crime

O vereador Antônio Aristides, ex-presidente da Câmara Municipal de Esperantina foi morto a tiros enquanto tentava ajudar uma mulher após uma briga de família. O vereador chegou a ser socorrido e levado para o hospital mas não resistiu aos ferimentos.

O caso provocou comoção em todo o Piauí e a prefeita Vilma Amorim chegou a decretar luto oficial na cidade. Tote Aristides estava em seu segundo mandato de vereador e tentava a reeleição neste ano. 

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com