Cidadeverde.com

Suspeito dopa adolescente com refrigerante e a estupra em motel

A Delegacia Regional de Esperantina prendeu, em flagrante, I.R.S.N, 32 anos. Ele é suspeito de estuprar uma adolescente de 14 anos de idade em um  motel, após dopá-la com refrigerante. O caso aconteceu na última terça-feira (14). 

O delegado Dennis Sampaio informou ao Cidadeverde.com que a vítima relatou que saiu de casa para ir ao banco e I.R.S.N lhe ofereceu carona. Durante o trajeto, o suspeito lhe deu um refrigerante no carro e pouco tempo depois a adolescente perdeu a consciência. 

“A adolescente conta que quando acordou estava em um motel da cidade de Batalha e já havia sido abusada. Ela ainda resistiu e ele provocou algumas lesões nela, como arranhões na coxa dela”, conta o delegado.

Após o estupro, o suspeito deixou a vítima no banco onde ela ia e, ao chegar em casa, a garota contou aos familiares sobre o estupro e registrou Boletim de Ocorrência na delegacia de Esperantina. 

Delegado Dennis Sampaio

I.R.S.N foi preso em flagrante e desmentiu a versão da garota. “Ele diz que manteve relação sexual com ela,  mas que não foi forçado, e que ela que insistiu bastante para que acontecesse. Ele também negou uso de substância para dopá-la”, acrescenta o delegado Dennis. 

No entanto, a adolescente foi encaminhada para a realização de exames no Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvis) e os laudos comprovaram que houve estupro.

Um exame toxicológico também foi feito para detectar se a adolescente foi ou não dopada. A Polícia Civil aguarda que a análise fique pronta. 

I.R.S.N está detido por estupro. 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com