Cidadeverde.com
Geral

Coleira com inseticida para prevenir calazar é testada em Teresina

Imprimir
Teresina registrou mais de 1.900 casos de calazar, apenas no ano de 2012. Para diminuir o número, está sendo realizada na cidade a doação de coleiras com a substância deltametrina, que impregna na oleosidade do cão e afasta e mata o inseto causador da doença.


De acordo com o coordenador de gerência do Centro de Zoonoses, Écio Leite, a coleira com o inseticida pode ser encontrada nos comércios, mas em alguns bairros da capital como Santa Maria da Codipi e Bela Vista, o encoleiramento é feito gratuitamente.

"O cachorro que usa a coleira com deltrametrina tem na oleosidade de sua pele a substância, que é um poderoso inseticida, capaz de afastar o inseto causador do calazar ou matá-lo, caso ele chegue a picar o animal. O projeto ainda está em fase de testes", explicou o coordenador.

A confirmação do calazar é feita apenas através do exame de sangue. Em Teresina, diariamente são realizados 30 exames e, a cada dez cachorros testados, pelo menos quatro confirmam a doença. "Eu convido a população a nos ajudar nessa luta, porque o calazar no animal não tem cura e somos obrigados a sacrificá-lo", finalizou Écio Leite.

Jordana Cury
Imprimir