Cidadeverde.com
Últimas

Preso,"profeta" Luis Pereira diz que Deus o castigou evitando apocalipse

Imprimir
Fotos: Thiago Amaral


Na Central de Flagrantes, o “profeta” Luis Pereira dos Santos afirmou em depoimento a Polícia que está passando por uma “provação de Deus” por isso o mundo não se acabou nesta sexta-feira.

“Em depoimento, o profeta disse que foi castigado por Deus e passando por uma provação do senhor, por isso está sendo humilhado e não houve o fim do mundo”, informou o coronel Alberto Meneses, que o acompanha na Central de Flagrantes. 

Luis dos Santos está detido na Central de Flagrantes por questão de segurança e está com comunicação controlada. Ele foi levado por volta das 16h desta sexta-feira pela Polícia, após populares tentarem linchá-lo em sua residência no Parque Universitário, uma das favelas de Teresina.


Ao ser preso, o “profeta” disse que é um servo de Deus e que estava se entregando por questão de segurança.

O restante das pessoas que estavam abrigadas na casa batizada de “arca” foram retiradas antes do anoitecer e levadas para residência de familiares.



Atualizada às 17h30

O coronel José Albuquerque está negociando com os "seguidores" na tentativa de que eles saiam da residência antes do anoitecer. Algumas pessoas já concordaram e saíram pelos fundos. No momento, 12 pessoas permanecem no interior da casa.

Fotos: Yala Sena/Cidadeverde.com

Mais uma pessoa foi detida. É a sexta prisão. O acusado estava jogando pedras contra a tropa.


A polícia teve que atirar para o alto para dispersar os populares.


O coronel Albuquerque confirmou que o "profeta" foi levado para a Central de Flagrantes e está sendo interrogado.




Atualizada às 17h12


Mais duas pessoas foram presas acusadas de jogarem pedras na tropa de choque da Polícia Militar. Eles foram revistados e estão detidos na frente da residência


Um deles é José Walter Rodrigues Pereira e o outro foi identificado pelas iniciais K.S.C., 25 anos.


A tropa de choque permanece e cerca de mil pessoas estão no local. Os seguidores continuam a portas fechadas dentro da "arca do fim do mundo".



Atualizada às 17h02


No momento da prisão, o "profeta" estava muito tranquilo. Ele declarou que estava indo por questão de segurança e que acreditava em Cristo.


"Eu sou uma pessoa de Deus", disse.


Até o momento a polícia deteve três pessoa: um menor que estava jogando pedras durante o confronto e dois por instigar a violência (Ronaldo Duarte de Oliveira, 26 anos, e Ronaldo Luis Ferreira).


Atualizada às 16h34


Um homem tido como braço direito do "profeta", identificado como Luis, foi detido e levado para o 11º DP para prestar depoimento. Também foi preso Ronaldo Luis Ferreira, um popular que estava atirando foguetes contra os policiais. Ele está detido na casa do "profeta".


O tenente Tanaka, do Rone, informou que está tentando negociar com os seguidores para que eles deixem a residência e vão para a casa de parentes.


Dois seguidores saíram, um deles identificado como Beto, disse que mesmo o mundo não acabando, continuam acreditando no profeta. Cerca de 30 pessoas permanecem no local.



Atualizada às 16h10


A tensão permanece no local. População continua jogando pedras e a tropa de choque foi reforçada. O sargento Ramon confirmou que um menor foi apreendido na casa.


Atualizada às 16h02


O tenente Tanaka, do Rone, confirma que o profeta se entregou à polícia e foi levado para o 11º DP.


A tropa de choque permanece. Os "seguidores" continuam dentro da casa na companhia de dois policiais para evitar qualquer tipo de imprevisto.


Populares jogam pedras na casa e tentaram linchar o "profeta".



Atualizada às 15h54


A tropa de choque da PM invadiu a casa do "profeta" e o levou preso. Alguns populares tentaram invadir o local para tentar linchar o homem que afirmou que o mundo se acabaria às 16h de hoje.


Para dispersar a população, a polícia jogou bombas de efeito moral e spray de pimenta. Muitas pessoas estão passando mal com o efeito das bombas.



Atualizada às 15h35


Por volta das 15h, a dona de casa Maria do Rosário Silva, 57 anos, saiu da casa e relatou que os seguidores estão se preparando para o fim do mundo. Ela disse que acredita que "Jesus Cristo está no corpo do profeta" e que acredita nele. Maria do Rosário comentou que permanecem em oração.

Fotos: Yala Sena/Cidadeverde.com

Dentro da casa, policiais do Rone apreendeu uma caixa de margarina contendo doce de caju com uma senhora. A preocupação é que poderia estar contaminado com algum produto tóxico.



Duas viaturas do Corpo de Bombeiros, de resgate e combate a incêndio, chegaram à "arca" para acompanhar os desdobramentos da previsão feita pelo "profeta" Luis Pereira dos Santos, de que o fim do mundo seria às 16h de hoje (12).


O coronel Alberto Meneses, comandante de policiamento da capital, disse que estão sendo empregados em torno de 50 homens e 10 viaturas na operação surpresa, que será deflagrada a partir das 16h.


"É uma situação inusitada, que envolve situações religiosas e tudo é previsível", comentou o coronel.


O "profeta" autorizou dois homens do Ronda Cidadão entrarem na residência. A polícia está fazendo o monitoramento para evitar que qualquer pessoa seja envenenada.


A informação que circula entre os populares e vizinhos que se aglomeram no local é que o envenenamento seria através de um óleo que os seguidores passariam no corpo.



Yala Sena/Cidadeverde.com


Policiais do Batalhão Rone reforçam a segurança na casa do "profeta" Luis Pereira dos Santos, na Vila Parque Universitário, zona leste de Teresina. As duas residências estão fechadas e o "profeta" não permite que ninguém entre ou saia. Há muita movimentação no local.


Duas mulheres tentam invadir a casa para retirar a mãe e o irmão. Maria Madalena Silva, 39 anos, e Carmelita Aguiar dos Santos, 40 anos, contaram que a mãe tem 58 anos e frequenta o local há 9 meses. "Queremos retirar enquanto é tempo. A minha mãe está de juízo virado. Parece uma lavagem cerebral", disse Maria Madalena.



O "profeta" permitiu que conselheiros tutelares entrassem por duas vezes na "arca", como é chamada a residência. O conselheiro José Welton Melo Soares, do Conselho Leste/Sudeste, disse que há em torno de 40 pessoas na residência. Elas oram e cantam.





O conselheiro relatou que o profeta está tranquilo. Porém, algumas mulheres estão apavoradas com medo da reação das pessoas que estão do lado de fora.


Conselheiros tutelares estão indo aos abrigos porque temem que as crianças façam alguma coisa, orientadas previamente pelo profeta. As crianças estão em quatro abrigos: Casa Punaré, Casa Dom Barreto, Lar da Criança e Abrigo Feminino.




"Nesse momento eles oram e cantam. O profeta nos garantiu que 10 minutos antes das 16h as portas serão abertas. Deus vai proteger todos eles", disse o conselheiro.


Veja cobertura completa



Flash de Yala Sena
Redação de Leilane Nunes
Imprimir