Cidadeverde.com
Esporte

Do Dirceu para Bauru: piauiense faz gol e é campeão da Copa Paulista

Imprimir
Ele nasceu no Grande Dirceu, zona Sudeste de Teresina, mas nunca jogou nos campos Lucidão e Almeidão. Hélio Monteiro Batista, 22 anos, só bateu bola no clube Eldorado, onde começou uma carreira que começa a dar frutos. Depois de passar pelas categorias de base do Inter (RS) e Santos (SP), o piauiense sentiu no último domingo (25) o sabor do título e da festa da torcida brasileira. O Noroeste, de Bauru (SP), venceu o Audax em São Paulo e conquistou a Copa Paulista, que rendeu ao clube uma vaga na Copa do Brasil 2013.

Fotos: Thiago Navarro/E.C. Noroeste
Hélio e o troféu do título da Copa Paulista

Título que começou a ser construído no primeiro jogo da decisão, em Bauru. Zagueiro de 1,87m de altura e 22 anos, o piauiense não tinha marcado um gol em toda a temporada, mas subiu entre os adversários e abriu o placar, de cabeça, justo na final do torneio. O 2 a 1 da partida de ida deu vantagem ao time do interior, que venceu novamente o Audax no domingo, por 1 a 0, e sacramentou a conquista.

"Eu não tinha feito gol este ano e acho que hora melhor não tinha para vir esse gol", disse ao Cidadeverde.com o zagueiro teresinense, ainda enebriado pela festa da torcida de Bauru. Os jogadores comemoraram em uma churrascaria e desfilaram em carro do Corpo de Bombeiros pela cidade. "A cidade inteira parou, muitas pessoas nas ruas gritando, cantando o hino do clube. Sensação melhor que essa não há, a de dever cumprido, ver que todo mundo abraçou a causa".

Festa também no Dirceu II, conjunto da zona Sudeste onde Hélio foi criado. Por telefone, ele falou com a namorada, pais e outros parentes que viram o jogo através da televisão.


De onde surgiu o Hélio?
O jogador piauiense começou no futebol na escolinha do Nena, no Eldorado Country Club. "Até agradeço a ele por tudo que ele fez por mim", lembra.

Saiu de sua terra ainda em 2004, quando fez teste no Vitória (BA). Voltou a Teresina para jogar no Piauí Esporte Clube, comandado na época pelo técnico Caçapava, ídolo no Internacional (RS). No rubroanil, faturou o Campeonato Piauiense Sub-20 e a vaga na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em 2006, já estava no Colorado gaúcho.

Festa do título após o jogo e nas ruas de Bauru

Depois de descobrir o eixo sul-sudeste, Hélio passou pelo Palmeiras e Santos, permanecendo nas categorias de base do clube entre 2006 e 2008. Saiu  para o Desportivo Brasil (SP) e depois o Estoril, de Portugal, em 2009. Voltou ao País para jogar no Rio Preto (SP) no ano passado, estreando no Noroeste de Bauru no início de 2012.

O contrato com o Noroeste vai até 31 de dezembro. Na próxima quinta-feira, o jogador se reúne com a diretoria para decidir seu futuro. Ele revela existirem propostas de outras equipes de São Paulo, mas ainda não definiu o que fará. "No momento tenho pensado bastante em cada vez subir mais e procurar times melhores. A gente sempre almeja sempre algo melhor".

Treinando com ídolos do Santos
Hélio chegou a treinar com ídolos do futebol brasileiro, como o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Neymar. "Com ele (Ganso) treinei o ano de 2006 inteiro. Eles eram juniores e eu era juvenil, mas às vezes a gente treinava junto também", relembra.

Em 2007, Hélio morava no alojamento do Santos e dividia quarto com o goleiro Rafael, hoje nome forte da seleção brasileira. "Às vezes ainda converso com ele pela internet", comenta o piauiense.

Ficha Técnica
Nome completo: Helio Monteiro Batista
Posição: Zagueiro
Data de Nascimento: 28/01/1990 (22 anos)
Naturalidade: Teresina/PI
Altura: 1,87m
Últimos clubes: Rio Preto/SP (2011), Estoril/Portugal (2009-2010), Desportivo Brasil/SP (2008-2009 e 2011), Santos/SP (2006-2008)
Fonte: EC Noroeste

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com
Imprimir