Cidadeverde.com
Últimas

Transporte público está falido; licitação é urgente, diz Strans

Imprimir
O diretor de Transportes da Superintendência de Transportes e Trânsito de Teresina, Ricardo Freitas, afirmou hoje (06) que a licitação das linhas de ônibus e a implantação do novo sistema serão feitas ainda este ano. Segundo ele, a licitação é uma medida urgente porque o sistema está falido e não atende mais a população que mora nas regiões mais periféricas da cidade.

Em entrevista ao Jornal do Piauí, Ricardo Freitas explicou que um grupo foi formado para estruturar as ações do plano diretor. "A finalidade é fazer um processo bem feito. Temos um projeto que prevê a integração segundo a cartilha do Ministério das Cidades. Teresina foi a primeira a seguir essas diretrizes, por isso conseguiu investimento. Vamos esquecer o que tem hoje e licitar tudo de novo", explicou.

Ainda segundo Ricardo, o Sindicato das Empresas de Transportes Públicos de Teresina (Setut) deverá se adequar às novas diretrizes. "Os contratos já existentes tem que haver uma transição porque o que está aí está tecnicamente falido. Estamos vendo o que precisa ser feito desde a estrutura até a restruturação do órgão gestor", disse.

Porém, o gestor lembra que, mesmo com a urgência em licitar o novo sistema, o projeto será executado com responsabilidade. "Não queremos fazer de forma atropelada", comentou.

A prefeitura garantiu R$ 104 milhões para as obras de construção dos terminais, vias alimentadoras e toda a estruturação necessária para o sistema ser implantado. São recursos do PAC Mobilidade. Além disso, segundo Ricardo, o prefeito Firmino Filho pretende conseguir verba extra para melhorar os corredores de trânsito.

Matéria relacionada

Leilane Nunes
Imprimir