Cidadeverde.com
Geral

Autoridades avaliam como pacífico protesto realizado em Teresina

Imprimir
Em entrevista ao Notícia da Manhã desta sexta-feira (21), representantes da Strans, da OAB e do Ministério Público avaliaram como positiva e pacífica a manifestação de ontem, que começou na avenida Frei Serafim e tomou ruas do Centro e da zona Leste de Teresina.

Leilane Nunes/Cidadeverde.com

O coronel Sá Júnior contabilizou de 15 a 20 mil pessoas no ato. Ele informou que a Tropa de Choque estava posicionada, mas não agiu. "Três ou quatro pessoas iniciaram uma depredação na avenida Maranhão, mas a polícia chegou a tempo e impediu que esses influenciassem o restante dos manifestantes. Tínhamos 600 policiais na rua. Na avenida Cajuína, os próprios ativistas renderam vândalos e entregaram à polícia", lembrou.

Yala Sena/Cidadeverde.com
Ricardo Freitas

Segundo o engenheiro de trânsito da Strans, Ricardo Freitas, "Dois ônibus foram depredados, um na avenida Maranhão, outro próximo ao Riverside, mas no geral foi pacífica, uma demonstração de civilidade e democracia".


William Guimarães

O presidente da OAB Piauí, William Guimarães, reafirmou que a Ordem apoia integralmente o movimento. "Em todas as cidades do Estado tivemos o selo de ato pacífico. Esperamos ver os resultados disso, que os ideais se transformem em nova legislação".


Promotor Paulo Rubens

O presidente da Associação do Ministério Público, Paulo Rubens, participou do protesto e destacou que os manifestantes preservaram o caráter apartidário do movimento. 

Novo protesto

Nenhuma autoridade, nem o gabinete formado por representantes, foi informado sobre o horário ou local da manifestação marcada para hoje. No final do ato de ontem, os ativistas convocaram a população para hoje de manhã, às 8h na avenida Frei Serafim, mas até agora não há sinais de militantes na via. Apesar disso, a Strans e a PM estão em alerta.

Jordana Cury
jordanacury@cidadeverde.com

Imprimir