Cidadeverde.com
Últimas

Rita Lee posa com olho roxo e amordaçada

Imprimir
De olho roxo e boca amordaçada. Foi assim que Rita Lee surgiu em uma foto publicada no Instagram na manhã desta quinta-feira, 08. A foto foi uma maneira de protestar contra o que Rita chama de censura. "Twitter censurado", ela escreveu na rede social.


Rita não escreve no twitter desde o dia 6 de agosto. Em sua última postagem ela disse que uma das frases que escreveu, no dia 2 de agosto, havia sido mal interpretada. "Gostaria de esclarecer que o que quer que tenha sido escrito aqui dia 2/8 não dizia respeito a policial nenhum, de lugar algum. Muito pelo contrário! Espero que isso ponha fim a mau-entendidos (sic) que possam estar acontecendo. Paz na terra aos de boa vontade, pelo amor de Deus! Obrigada", escreveu.

De acordo com o site G1, a Justiça de Sergipe determinou o bloqueio de R$ 7.180 da conta da cantora Rita Lee referente à indenização por danos morais movida por um policial militar que se sentiu ofendido ao escutar a cantora utilizar palavras de baixo calão contra policiais, no dia em que realizava um show no município de Barra dos Coqueiros, na Grande Aracaju, em janeiro de 2012. Na ocasião, a roqueira interrompeu o show para reclamar da ação dos policiais que revistavam o público em busca de drogas.

Entenda o caso

Na madrugada do dia 29 de janeiro, Rita Lee disse no Twitter que estava sendo levada para uma delegacia de Aracaju, em Sergipe, após realizar aquele que seria o última show de sua carreira. "Tô indo p/ a delegacia... A polícia d Aju ñ gosta d mim, mas Sergipe gosta, estou dentro do carro, eles estaaoentravv", escreveu Rita, numa mensagem confusa.

No show, a cantora teria xingado policiais que faziam a segurança no local de "cachorros" e "filhos da puta", segundo testemunhas. Após o espetáculo, que foi a despedida da cantora dos palcos, ela foi intimada para prestar esclarecimentos na Delegacia Plantonista.

Rita foi solta com a ajuda da ex-senadora e hoje vereadora por Maceió, Heloisa Helena (PSOL), que assistiu ao show. Por volta das 7h da manhã do domingo, 28, a cantora voltou ao Twitter para contar que estava liberada. "Solta graças à vereadora Heloísa Helena que estava na plateia e prestou idêntica versāo <3", postou Rita.

Fonte: Ego
Imprimir