Cidadeverde.com
Geral

Aluna de Teresina entra em trabalho de parto durante Enem

Imprimir
Uma candidata de 20 anos entrou em trabalho de parto em Teresina durante o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A informação foi confirmada pelo ministro da Educação, Aloízio Mercadante, em balanço do primeiro dia do exame. 

Mercadante informou que ela foi atendida no local por médicos e levada para o hospital. De acordo com o ministro, a jovem será mãe de uma menina. A estudante não teve o nome revelado a pedido da família. 

Wilson Dias/Agência Brasil
Presidente do Inep Luiz Claudio da Costa e o ministro da Educação Aloizio Mercadante 
fazem balanço do primeiro dia de provas do Enem

O ministro confirmou que ela poderá fazer a prova em data posterior, ainda não definida, segundo Mercadante.

No total, o Enem tem 713 candidatas em todo o país que podem dar à luz durante o período das provas. O ministério entrou em contato com as secretarias municipais e fez um mapeamento dos hospitais próximos aos locais onde essas candidatas farão o exame. Além disso, há profissionais de saúde disponíveis nesses locais de prova.

Evelin Santos/Cidadeverde.com

Balanço

De acordo com levantamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 22 mil candidatos conferiram o local de prova na internet uma hora antes do início do exame. Para o ministro, o dado é preocupante. Ele apelou para que os candidatos cheguem neste domingo(27) aos locais de prova com antecedência e munidos do documento de identidade com foto e caneta preta, em material transparente, para preencher o cartão de respostas e fazer a redação.

Evelin Santos/Cidadeverde.com


No primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 24 candidatos foram eliminados, até as 17 horas, por postarem fotos do exame em redes sociais. Os candidatos postaram, de dentro das salas de provas, por exemplo, fotos do cartão de resposta.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, não informou os estados dos estudantes desclassificados. Ele informou que a maioria pagou a taxa de inscrição. Os alunos concluintes da rede pública de ensino eram isentos do pagamento da taxa.


Na avaliação do ministro, o primeiro dia de prova “teve excelente resultado”. Para ele, “é um grande desafio fazer um Enem para 7,1 milhões de candidatos”.

Neste domingo (27), além da redação, os candidatos fazem a prova de linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.




Da redação
Com informações da Agência Brasil
Imprimir