Cidadeverde.com
Últimas

Zoonoses rebate Teresa Britto sobre morte de jumentos

Imprimir
A gerente do Centro de Zoonoses, Auriana Bezerra, rebateu hoje (20) as duras críticas feitas pela vereadora Teresa Britto (PV) na sessão de ontem na Câmara Municipal de Teresina. A vereadora responsabilizou a prefeitura e o centro pela morte de animais que estavam no setor de Correição.

Em entrevista ao Jornal do Piauí, Auriana esclareceu que os jumentos haviam sido recolhidos numa cooperativa de produção de açúcar na cidade, após uma ligação informando que eles estavam debilitados fisicamente. "Eles vieram deitados no caminhão. Fomos buscar porque a pessoa que ligou disse que ia soltar os animais e pegamos eles para evitar que acabassem provocando acidentes nas estradas", disse.

Ainda de acordo com Auriana, somente garantir alimentação não recuperaria os animais. "Eles já chegaram aqui num estado nutricional muito debilitado. Tinha capim e feno", comentou.

A gerente admitiu que o setor de Correição necessita de melhorias estruturais. "Já solicitamos material para que possamos restabelecer a estrutura até que sejamos transferidos para um local mais afastado da cidade", declarou.

Auriana também afirma que não é dever da prefeitura ir até residências recolher animais que estejam debilitados ou que tenham sofrido maus tratos. "Na qualidade de criador, você tem que criar os animais presos e não é o que a gente vê na realidade. Tem que haver uma responsabilização do criador. Temos a Apipa, que não está resolvendo o problema de abandono de animais. A Apipa está abarrotada de animais e não resolve o problema. A população pensa que tem um animal doente em casa e a prefeitura tem a obrigação de ir lá pegar, tratar e devolver. O dono não quer ter gasto com o tratamento do animal. Não funciona assim", ressaltou.

Leilane Nunes
Imprimir