Cidadeverde.com
Entretenimento

Comediante americano pode responder pelo estupro de mais de 15 mulheres

Imprimir

Muitas das supostas vítimas que alegaram terem sido abusadas por Bill Cosby disseram que isso aconteceu em meados dos anos 1960. Mas nem por isso o ator de 77 anos pode se safar de responder processo por estupro, uma das leis mais rigorosas dos Estados Unidos.

O advogado do astro, Martin Singer, disse à imprensa americana que as acusações são "infundadas e um tanto fantasiosas", mas mesmo assim Cosby pode encarar o tribunal de Nova York e talvez nem seja preciso que essas mulheres prestem queixas

"Não há tempo limite para uma acusação de estupro em Nova York, disse o professor da Universidade de Illinois, Robin Wilson. "Mas em outros lugares, como a California ou a Pennsylvania, onde algumas dessas mulheres estão, o tempo limite é de 10 anos", explica ele à People.

Em novembro, a modelo de 58 anos Janice Dickinson veio à tona para falar que foi estuprada por Bill Cosby no começo dos anos 1980. Ela foi a 15ª mulher a acusar o comediante de abuso sexual.

Segundo ela, ele a dopou com vinho e comprimido, porque ela estava com cólicas menstruais. "E eu lembro que, antes de desmaiar, eu tinha sido abusada sexualmente. Antes de acordar, a última coisa que lembrava era o Bill tirando o robe e deitando em cima de mim. E eu lembro de muita dor. Na manhã seguinte, me lembro de acordar sem o meu pijama e com esperma entre as pernas".

Fonte: Quem

Imprimir