Cidadeverde.com
Cidades

Aeronáutica aponta que "falha humana" provocou acidente com avião no interior do PI

Imprimir
  • pilotomorto5.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • pilotomorto4.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • pilotomorto3.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • pilotomorto2.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • pilotomorto1.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu10.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu09.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu07.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu06.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu05.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu04.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu03.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu02.jpg Foto: Polícia Militar - PI
  • aviaocaiu01.jpg Foto: Polícia Militar - PI

Equipes da Aeronáutica apontaram que o acidente com o avião agrícola na cidade de Baixa Grande do Ribeiro, a 583 km de Teresina, no último dia (14), foi causado por 'falha humana'. A perícia foi realizada nesta quinta-feira (15) por uma equipe que veio de Recife, em Pernambuco. Na tragédia aérea, o piloto Sandro José Palinski, 25 anos, natural do Rio Grande do Sul, teve morte imediata. O corpo foi trasladado ainda ontem. 

"A perícia foi chefiada pelo major Wellington e acompanhada pelo agente de Polícia Civil de Uruçuí, Sérvulo Filho. A análise no local apontou que o piloto estava voando em baixa altitude, se chocou com uma extremidade do poste e só colidiu com o solo cerca de 500 metros depois do impacto", explica o titular da delegacia de Uruçuí, Jarbas Lima. 

O delegado acrescenta ainda que a equipe encontrou pedaços do poste dentro do avião. Sandro José tinha brevê de piloto há quatro anos e, este ano, seria o segundo em que ele trabalhava na região. 

"Acreditamos que um erro de cálculo tenha confundido o piloto. Os postes na fazenda tinham sido colocado recentemente e ainda não tinham fiação. O sol também pode ter atrapalhado. No dia da tragédia, ele começou a pulverização na fazenda por volta das 5h30 e aquela já era sua quarta ou quinta viagem", supõe o delegado. 

O proprietário da fazenda Brasil Agro, onde ocorreu o acidente, e o responsável pela empresa Globo Agrícola, terceirizada para a prestação de serviços de pulverização à fazenda, deverão ser ouvidos. A Polícia Civil de Uruçuí tem 30 dias para concluir o inquérito, mesmo prazo em que a Aeronáutica deve emitir o laudo. 

 

Matéria relacionada


Avião agrícola cai em plantação e piloto morre em Baixa Grande do Ribeiro

Piloto posta foto um dia antes de tragédia com avião no Sul do Piauí


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir