Cidadeverde.com
Geral

Rejane quer colocar Piauí entre os 10 melhores do Ideb no País

Imprimir

A secretária Estadual de Educação, Rejane Dias, afirmou nesta quarta-feira (22) que está trabalhando para colocar o Piauí entre os Estados com as dez melhores notas do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Hoje, no Palácio de Karnak, o governador Wellington Dias e a secretária assinaram a convocação de mais de 670 professores e nutricionistas para trabalharem nas unidades escolares em vários municípios piauienses.

Fotos: Thiago Amaral

““Estamos nomeando estes professores com muita atenção ao limite de gastos com pessoal imposto pela LRF. Estes professores estão sendo lotados onde realmente existe a carência. Vamos agora resolver o problema da carência de professores de espanhol, inglês, matemática, física e química e queremos premiar as escolas com melhor Ideb”, disse Rejane Dias.

A Secretaria de Educação irá implantar o próprio sistema de avaliação da educação básica do Piauí. “Temos os dados do Ideb, da equipe do MEC, e essa avaliação é cada dois anos, e é apenas uma amostra. Vamos implantar como meta a nossa avaliação, pois queremos fazer um diagnóstico da situação emergencial e fazer as intervenções com base na avaliação estadual”. 

“Queremos que o Piauí esteja entre os 10 melhores estados com Ideb do País nos próximos anos e para isso a distribuição dos professores é necessário que ocorra de forma lógica como a convocação para áreas prioritárias”.

Rejane disse que quer os novos professores estejam em sala de aula nos próximos 10 dias e pediu que eles se apresentem os exames.

A secretária destacou ainda a importância da mediação tecnológica para suprir vagas de professores que mesmo com a nomeação dos concursados não foi possível de preencher “Existe locais onde mesmo com o chamamento dos concursados não foi possível lotar o professor, e para isso, temos outas formas de suprir essa necessidade, como a mediação tecnológica”, afirma Rejane.
 
Após a nomeação, os professores receberão o calendário para comparecimento à perícia médica do Instituto de Assistência e Previdenciária do Estado do Piauí (Iapep) para procederem aos exames clínicos, a serem realizados antes da posse.
 
Os professores serão lotados nos municípios jurisdicionados as Gerências Regionais de Educação (GREs) às quais concorreram, conforme necessidade de maior lotação no momento, e irão atuar nas disciplinas da educação básica, no Ensino Fundamental maior e Ensino Médio.
 
Recentemente o governo também nomeou 34 nutricionistas aprovados no mesmo concurso. Todos estão recebendo o comunicado para comparecerem à perícia médica do Iapep.

Manifestação

Tanto a secretária como o governador ressaltou que a convocação de novos professores será feito de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. 
“A convocação de novos professores irá acontecer, mas antes disso é preciso equilíbrio financeiro e adequação a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

 

Flash Yala Sena e Maria Romero
[email protected]

Imprimir