Cidadeverde.com
Entretenimento

"Ele gostava de mulher, sim", garante namorada de Ken Humano

Imprimir

Doze dias após a morte do namorado, Jennifer Pamplona posou para um ensaio sensual para o Paparazzo. Nas fotos, feitas em uma casa de festas na Barra da Tijuca, no Rio, ela encarnou seu lado 'Susi Humana' e até mesmo sem roupa ela não deixou o personagem boneca de lado.

Muito criticada pela exposição e questionada diversas vezes por fãs de Celso Santebanes, o 'Ken Humano', que o apontavam como gay, a modelo soltou o verbo em entrevista e garantiu que, apesar de não ter rolado sexo, a sexualidade do namorado não foi nunca colocada em dúvida.

Foto: Marcos Serra Lima / Paparazzo

Jennifer Pamplona posa para o Paparazzo

"Não ligo para as críticas, o que eu peço sempre é respeito. Ele não era gay. Reafirmo isso sempre. Esses comentários são desnecessários e sem comprovação. Eu nunca tive dúvidas de que ele sentia atração por mulher. O Celso gostava de mulher, era macho e até muito machista", disparou Jennifer, citando uma particularidade de 'Ken': "Ele tinha fetiche por striptease. Antes de namorar pedia para as minhas amigas tirarem a roupa, era brincalhão, mas sempre assanhado."


Ainda sobre o namorado ser apontado como gay, ela acredita que os comentários surgiram por conta do excesso de maquiagem que ele usava e por sua vaidade: "Uma pessoa que usa maquiagem é julgada de forma errada. Ele gostava de se arrumar, era vaidoso e muito carinhoso com todos, isso não significa ser gay. O Celso era de uma família tradicional, do interior de Minas, ele aprendeu a ser macho desde pequeno. A sua vaidade era por conta do trabalho e pela busca da fama."

Foto: Mariana Gibara / Paparazzo


Making of: Jennifer Pamplona posa para o Paparazzo 

'Assumimos quando ele estava com medo de morrer'
Antes de namorar Celso Santebanes, Jennifer Pamplona conta ter namorado um jogador de futebol, assunto sobre o qual ela evita falar, já que o atleta era recém-separado e nunca assumiu a relação com ela. Para ela, um dos grandes motivos de encanto por 'Ken Humano' aconteceu porque ele a assumiu publicamente.


"Em janeiro, quando ele foi internado e notou que tinha piorado, me chamou no hospital e disse que queria me assumir publicamente, para o Brasil todo saber. Assumimos quando ele estava com medo de morrer e achou que aquele era o momento para que todos soubessem de mim", conta a 'Susi Humana'.

Foto: Mariana Gibara / Paparazzo


Making of: Jennifer Pamplona posa para o Paparazzo 

'Viro boneca, mas não perco a minha sensualidade'
Apesar da paixão por bonecos desde a infância, Jennifer Pamplona revela que resolveu assumir o título de 'Susi Humana' apenas depois que foi influenciada pelo namorado. "Ele que me deu o empurrão para me assumir Susi. Ele já me chamava de minha Susi e queria que fizéssemos o primeiro casal de bonecos do Brasil. Sei que a parceira do Ken é a Barbie, mas ela dizia que já tinha sua Barbie, era a Ana Hickmann", diz a estilista.


Mesmo representando um brinquedo infantil, Jennifer diz que não perderá a sua sensualidade: "Eu gosto de decotes, gosto de roupas que mostram mais o corpo. É a minha essência e não faz sentido que eu perca. A Susi pode ser sensual também e eu vou abusar disso."


 

Fonte: Ego

Imprimir