Cidadeverde.com
Últimas

FMS integra Comitê Gestor para simplificação do registro de empresas e negócios

Imprimir

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), através da Gerência de Vigilância Sanitária (GEVISA), irá compor o Subcomitê Gestor para a implantação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios - REDESIM. A reunião para a indicação dos membros que irão fazer parte do Comitê aconteceu hoje (13) com o presidente da FMS, Luciano Nunes, o consultor de Negócios do Sebrae, João Batista Moreira, e com o coordenador do REDESIM, Maurílio Pires.

 
O gerente da Vigilância Sanitária, Francisco Cesário, e o técnico da GEVISA, Ludimar Soares, representarão a saúde municipal no Comitê. A REDESIM é um sistema integrado que permite a abertura, alteração, baixa e legalização de empresas na Junta Comercial. A iniciativa integra todos os processos com apenas um único envio de documentos para a Junta Comercial, simplificando procedimentos e reduzindo a burocracia ao mínimo necessário. Órgãos e entidades federais, estaduais e municipais fazem parte deste processo.
 
A REDESIM é administrada por um Comitê Gestor, composto por órgãos e entidades do governo federal, estadual e municipal, responsáveis pelo processo de registro e legalização dos empresários, sociedades empresárias e sociedades simples.

“Como somos parte integrante no processo de liberação de alvarás para a abertura de empreendimentos, a Vigilância Sanitária terá representantes no Comitê. Nossa intenção é colaborar com a REDESIM e facilitar a interação com todos os órgãos que integram o comitê, diminuindo assim a burocracia”, afirmou Luciano Nunes.

A posse do SubComitê Gestor acontece no próximo dia 15 de julho, às 8h, no Sebrae. Integram o comitê representantes da Junta Comercial do Estado do Piauí, das secretarias estaduais de Fazenda (SEFAZ), Saúde (SESAPI), Meio Ambiente (SEMAM), das secretarias municipais de Finanças (SEMF), Meio Ambiente, Fundação Municipal de Saúde (FMS), Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDUs), Corpo de Bombeiros, Receita Federal, Conselho de Contabilidade (CRC) e Sebrae.

Da Redação.
redacao@cidadeverde.com

Imprimir