Cidadeverde.com
Entretenimento

Marina Elali vai se casar em Miami: "Estou ansiosa e muito feliz"

Imprimir

Marina Elali vai se casar neste sábado, 18, em Miami. A cantora, que se tornou famosa após participar do reality show "Fama", vai oficializar sua união de seis anos com o produtor musical chileno (ele mora desde a infância nos Estados Unidos) JC Salvatierra. A festa será para 150 convidados em um elegante hotel de Coral Gables. Ao falar do assunto, Marina já não esconde a ansiedade.

Marina Elali no ateliê do estilista Geraldo Couto, que fez seu vestido (Foto: Arquivo Pessoal)

"Até a semana passada eu estava bem calma, mas agora tem algo diferente acontecendo. Não sei explicar se é ansiedade, nervosismo, alegria demais... Acho que é uma mistura boa de sentimentos. Casamento envolve o maior e mais importante de todos eles: o amor. É um momento mágico. E é normal que as coisas fiquem diferentes. Acho melhor eu aceitar que estou ansiosa (risos). E estou muito feliz também! A preparação está sendo especial e estou me sentindo mais sensível. Isso é bom. Estou me sentindo grata a Deus e à vida por estar vivendo este momento tão incrível ao lado da minha família", afirmou ela ao EGO.

Foto: Arquivo Pessoal

A cantora e o noivo, JC Salvatierra
 

Questionada se sempre sonhou em subir ao altar e se vestir de noiva, Marina diz que não, mas admite que está adorando toda a experiência: "Na verdade, quando eu era criança, só sonhava cantar. Sempre sonhei com o dia em que o Brasil iria ouvir a minha voz de algum jeito. Mas quando virei noiva, entendi que, no fundo, toda mulher tem uma noiva dentro dela. Estou amando cada passo, cada escolha. Está sendo inesquecível", contou.

Cerimônia religiosa e festa serão em hotel
A festa será íntima e reunirá apenas amigos próximos e familiares dos dois de todos os cantos do mundo - os convidados viajarão do Brasil, Chile e Jordânia, entre outros lugares. Fabiana Karla, que é prima de Marina, não poderá ir por causa das gravações de "Tomara que caia" e será representada pela filha. O cantor Jon Secada, que foi uma espécie de cupido para o casal - eles se conheceram durante uma turnê dele no Brasil - ,está ajustando a agenda para poder prestigiá-los. Antes de trabalhar com a cantora, JC era produtor dele.

Marina e Geraldo Couto em desfile do estilista em maio deste ano (Foto: Arquivo Pessoal)


Um padre da Igreja Católica Apostólica Antiga (dissidente da Igreja Católica Apostólica Romana) celebrará a cerimônia. Isso porque o catolicismo tradicional - que tem sede no Vaticano - exige, nos Estados Unidos, que os noivos façam um curso obrigatório de seis meses antes de subir ao altar na paróquia onde será o casamento. Como Marina e JC moram no Brasil, não tiveram como atender estes requisitos. Eles decidiram realizar o casamento em Miami porque é onde vivem os pais dele - que são idosos e não poderiam fazer uma longa viagem.


"Um padre da Antiga Igreja Católica celebrará o nosso casamento. Temos pessoas de diferentes religiões nas nossas famílias e respeitamos todas elas. A nossa vontade sempre foi ter um religioso abençoando a nossa união e estamos felizes em celebrar este momento diante de Deus. Nos encontramos com o padre e foi muito emocionante para mim. Escolhemos as leituras e estou pensando como vou fazer para segurar as lágrimas", admitiu a noiva.


 

Cantora faz prova na cozinha do hotel onde acontecerá a festa (Foto: Arquivo Pessoal)


Preparativos foram feitos pela internet
Como escolheram outro país para casar, todos os preparativos para a data foram feitos através da internet durante os últimos seis meses, desde que JC pediu a mão de Marina. E eles estão lá há um mês para acertar os detalhes. A rotina dos noivos tem sido uma correria.

"Foi mais ou menos estressante porque sou muito calma, sempre acredito que tudo vai dar certo e procuro manter a serenidade. Já o JC é 'gringo' e está acostumado a fazer tudo com muita organização e antecedência, então ele ficou um pouco mais ansioso. Resolvemos quase tudo semana passada e o mais engraçado tem sido a reação das pessoas quando a gente fala que precisa de algum serviço e que o casamento será esta semana (risos). Mas tenho certeza de que tudo dará certo. Quero me divertir muito!", disse.


Marina Elali com o chef John Skonieczny, que elaborou o jantar (Foto: Arquivo Pessoal)


Marina é uma noiva tão calma que, mesmo faltando apenas dois dias para a cerimônia, ainda não resolveu alguns detalhes. Ela já escolheu o setlist de músicas com o DJ que animará a festa, mas ainda não sabe qual irá tocar durante sua entrada como noiva, por exemplo. Uma banda de jazz, formada por amigos da faculdade de JC, também embalará os convidados durante o jantar: "Música é nossa vida, então não está fácil de escolher. Ainda estou em dúvida, mas daqui para sábado eu escolho".


Vestido de noiva será clássico e coberto de renda
O vestido de Marina foi feito pelo estilista de noivas Geraldo Couto. Como quer fazer surpresa para o noivo, ela não dá muitos detalhes do modelo e não revela de jeito nenhum quanto gastou nele: "Só o que vou dizer é que não poupei e ele será clássico, de mangas compridas e coberto de renda. Adoro moda, então esta foi uma das partes mais divertidas de toda a preparação até o momento. A renda foi comprada aqui nos Estados Unidos e é assinada pelo estilista árabe Zuhair Murad, de quem eu também sou fã".


A decoração do local também será bem clássica e tradicional. Os objetos de decoração e as flores foram escolhidos pessoalmente pela cantora: "Escolhi várias peças de cristal e prata porque gosto de coisas clássicas. Amo velas e por isso a decoração terá muitas delas, brancas. As flores serão todas brancas também. Escolhi orquídeas, lírios, rosas, entre outras, para compor o ambiente. Vai ficar tudo do jeitinho que eu imaginei. Estou louca pra ver tudo isso pronto".


Jantar terá cinco opções de prato principal e mesa de doces brasileiros
Depois da cerimônia, um grande jantar será servido para os convidados, no melhor estilo americano. Além de entrada, salada e sobremesa, eles poderão escolher entre cinco opções de carne como prato principal. Uma deles, por exemplo, é cordeiro com calda de pistaches, bem típico do Oriente Médio.

"A festa será apenas para as nossas famílias e amigos íntimos, então todos os lugares serão marcados e os convidados serão servidos na mesa. Teremos uma hora de cocktail com diversas opções e depois o jantar será servido. Vamos colocar um menu na mesa, para que todos fiquem à vontade e possam escolher entre camarão, salmão, carne, cordeiro, etc. Além disso, teremos o bolo e os docinhos. Mal posso esperar...", disse ela, que optou por um bolo de baunilha coberto por orquídeas.

O toque brasileiro ficará por conta da mesa de docinhos. Marina contratou os serviços de uma doceira do Sul, radicada há muitos anos em Miami, para preparar os doces da festa e servirá para seus convidados vários tipos de brigadeiro, além dos tradicionais bem-casados. "Ter brigadeiro e outros tipos de docinhos brasileiros na festa foi umas das minhas únicas 'exigências'. Tivemos que mudar o contrato do hotel para pedir para eles abrirem uma exceção e deixarem a gente trazer os doces. Eu já disse a todo mundo que vou atacar esta mesa", adiantou.


Desejo de ter filhos
Depois do casamento, o próximo passo do casal é aumentar a família. Como ainda está divulgando seu novo trabalho, "Marina Elali: Novelas", a cantora não estipula prazos, mas fala: "Quero deixar o nosso futuro nas mãos de Deus. Acredito que serei ainda mais feliz do que já sou se for mãe um dia".


Já JC conta que o pedido de casamento veio exatamente pelo desejo de ter filhos logo. "Começamos a pensar no assunto e quisemos oficializar nossa união antes disso, para fazer tudo direitinho. Nós dois somos tradicionais e gostamos de honrar a família. Moramos juntos há alguns anos e estamos grudados o tempo todo. Eu não estou nervoso com a cerimônia porque já me sentia comprometido com ela em todos os aspectos. É muito legal ser parceiro dela na vida e no trabalho. A Marina é muito gentil com as pessoas. Muito humilde, generosa e talentosa", elogiou.

Marina e JC: juntos há seis anos (Foto: Arquivo Pessoal)

 

Fonte: Ego

Imprimir