Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Cidade Verde Esporte: Presidente da FFP ouve críticas aos estádios piauienses

Imprimir

O Cidade Verde Esporte, desta quinta(27), entrevistou o presidente da Federação de Futebol do Piauí, Cesarino Oliveira, que falou sobre a data do próximo jogo do River na série D; campeonato piauiense da segunda divisão e situação dos estádios de futebol do Piauí.

Sobre o jogo do River, Cesarino disse que é quase certo que a próxima partida do Galo, que será contra o Santos do Amapá, aconteça no feriado de sete de setembro, como deseja a Federação. Solicitação nesse sentido já foi feita à CBF, que a princípio havia agendado o jogo para o dia seis.

Com relação ao campeonato da segunda divisão, o presidente da FFP informou que seis equipes irão participar, incluindo o time de Timon, com jogos na vizinha cidade maranhense. "Faz parte da grande Teresina. Não há porque não aprovarmos essa situação", justificou o dirigente, respondendo à polêmica participação do clube, tido como maranhense. A segunda divisão começará dia 26 de setembro, com término no dia 28 de novembro.

E quanto à situação dos estádios de futebol, principalmente do interior, ele afirmou que a FFP vem fazendo vistorias para saber as condições de uso. Citou o caso do estádio de Parnaiba, que mudou piso, terá nova iluminação e existe promessa de reforma dos vestiários.

Durante esse assunto, o apresentador Herbert Henrique exibiu fotos do estádio Deusdeth de Melo, em Campo Maior, enviadas por um telespectador da cidade. O jornalista as anunciou como imagens que vão causar espanto. Os registros mostram a atual situação do estádio, chamado de "chiqueiro" e "pasto de gado" pelo apresentador. "Brincadeira de mau gosto. [Estádio] entregue as traças. A única praça de esportes do município", desabafou Herbert.

Questionado se dá para ter jogo no estádio, Cesarino Oliveira disse que realmente está difícil e que a Federação tirou o jogo do Caiçara, pela copa Piauí, do local e informou que a partida será em Altos.

Contrariado com o que chamou de "situação vergonhosa" o estado de má conservação do Deusdeth de Melo, Herbert apresentou um modelo de estádio municipal que podia servir de exemplo para a Semel, Fundespi e órgãos competentes, principalmente no caso do Lindolfo Monteiro. Trata-se da Arena Xingu, que fica em Vitória do Xingu, no Pará, 910 quilômetros de Belém. Um estádio que custou aos cofres públicos seis milhões de reais e que para o apresentador, causa uma "inveja branca".

Encerrando a entrevista, o jornalista deixou a seguinte indagação: "A gente vai parar aonde com nossas praças esportivas?".

Veja na íntegra a entrevista com Cesarino Oliveira!

Marcelo Lopes

marcelolopes@cidadeverde.com

Imprimir