Cidadeverde.com
Geral

Comoção no velório das vítimas da tragédia de TO, em Corrente

Imprimir
Os corpos das vítimas da tragédia na divisa entre Tocantins e Bahia na última quarta-feira (24) já chegaram ao município de Corrente, 874 quilômetros ao sul de Teresina. Duas mulheres e um homem morreram e um outro ficou ferido quando uma caminhonete D-20 bateu depois do motorista tentar trocar um CD com o carro em alta velocidade. As vítimas serão sepultadas em Corrente na tarde desta sexta-feira (25).
Maria Eunice Dourado da Silva, 39, e Marta Santana de Sousa Silva, 35 anos, eram irmãs. Erasmo Pereira da Silva, 40 anos, conhecido como Neném, era esposo de Maria Eunice. O único sobrevivente, Doriese Pereria da Silva, 39 anos, era casado com Marta e não foi a Corrente. Com o braço quebrado, ele andou mais de 40 quilômetros pedindo ajuda.
 
Eles moravam em uma fazenda no município de Mateiros, norte do Tocantins, e vinham visitar parentes em Corrente. O velório reúne dezenas de pessoas no bairro Aeroporto, em Corrente. Como o acidente foi no Tocantins, os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal da capital Palmas, e depois para a cidade de Porto Nacional. De lá, os corpos saíram por volta de 10h30min, e chegaram ao Piauí às 11h50min.
 
Caroline Oliveira (flash de Corrente/PI)
Fábio Lima (da Redação)
[email protected]
Tags:
Imprimir