Cidadeverde.com
Geral

Menina que roubou a cena no Karnak diz que quer ser bailarina e dança ao vivo

Imprimir
  • _MG_7879.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7875.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7874.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7870.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7865.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7863.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7859.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7855.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7845.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7839.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7836.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7834.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7829.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7826.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7824.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7822.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7818.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7816.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7810.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7803.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7801.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde
  • _MG_7799.jpg Thiago Amaral/ Cidadeverde

Larissa Ferreira é o nome da pequena bailarina que roubou a cena na noite do último domingo (7) no Palácio de Karnak. Ela tem apenas quatro anos e dançou ao som de "Noite Feliz", executada pela Orquestra Sinfônica deTeresina, durante apresentação da decoração natalina do Palácio. Mãe da menina, a autônoma Gardênia Ferreira conta que a filha nunca fez aulas de dança, mas que tem vontade de ser bailarina. 

Em entrevista ao Jornal do Piauí, que localizou a pequena, a mãe contou como foi o momento em que a menina dançou no tapete vermelho do Palácio. "Eu levei ela para conhecer, para ver a decoração, quando começou a orquestra, ela começou a dançar perto de mim e uma senhora levou ela até o tapete vermelho e ela começou a dançar daquele jeito", disse. 

Larissa completou: "Eu disse 'eu já volto, mãe', e fui dançar".

No estúdio da TV Cidade Verde, Larissa mostrou ainda mais desenvoltura quando convidada a mostrar um pouco de sua dança. "Eu danço até mais, não tenho vergonha", disse a menina. 

O irmão da pequena, Matheus Ferreira, de 11 anos, é quem ajuda a irmã a buscar os vídeos preferidos no Youtube. "Ela vê aquelas bailarinas famosas e fica fazendo igual, imitando a dança, aqueles saltos, ela adora, pede para assistir e a gente coloca para ela", comentou. 

O pai, o militar Ademir Sales, declarou que nos últimos meses surgiu o interesse da menina pela dança. "Na escola tem aula de dança e ela fica vendo as outras meninas dançando, então começou a se interessar. Como ela já está de férias, não foi possível começar as aulas ainda, mas ano que vem ela vai fazer balé na escola", disse. 

No estúdio, a pequena disse que gosta muito de dançar, que já está de férias e que sua disciplina preferida na escola é matemática. 

 

Maria Romero
[email protected]

 

Imprimir