Cidadeverde.com
Política

Governador confirma mais espaço ao PDT e retorno do PC do B à base

Imprimir

O governador Wellington Dias (PT) admitiu que haverá mudanças no alinhamento político no Estado agora que o PT representa oposição ao governo federal. Ele confirmou que as novas relações vão dar mais espaço ao PDT e ao retorno do PC do B à base. Também sobre a base, ele negou a saída do PP e do PSD do seu governo e disse que não fará mudanças em seu secretariado.  

Wellington Dias não citou nomes, mas se referiu ao PC do B por ele já ter tido cargo na SEMAR - o ex-deputado Osmar Júnior foi titular da pasta - mas perdeu e ao PDT, que hoje tem cargo na Secretaria de Turismo do Estado, com Flávio Nogueira Júnior (PDT) como secretário. O Cidadeverde.com apurou que o deputado Flávio Nogueira (PDT) deve assumir alguma secretaria também, ainda indefinida.

O gestor disse que vai participar de uma reunião da executiva estadual do partido, em Brasília, para decidir os rumos da sigla com o início do governo do PMDB. 

"Essa reunião é para que a gente chegue em um alinhamento de orientação que será dado a todos os membros do partido, tanto para governadores com parlamentares também, sobre qual será a posição do PT em relação ao novo Governo. A partir de agora, a direção nacional vai estar dialogando com outros partidos como o PDT e o PC do B, já que agora eles ganham mais espaço no Governo", disse Dias. 

As informações foram repassadas durante o lançamento oficial da 13ª edição do Festival de Inverno de Pedro II, no Palácio de Karnak. Durante o evento, o governador disse ainda que participou ontem (15) de uma reunião da direção estadual do PT e que a presidente, senadora Regina Sousa, deve apresentar o posicionamento do partido no Piauí em relação à questão.

“É claro que alguma repercussão no Piauí terá, mas vamos acompanhar para ver. Por tudo que aconteceu eu creio que sim, mas vamos aguardar a reunião amanhã para ver como vai ser”, confirmou o governador sem querer se estender sobre o assunto.

O governador negou que o PP e o PSD devam deixar os cargos no governo do Piauí e que haverá mudanças do secretariado.

 

Lyza Freitas
[email protected]

Imprimir